sexta-feira, 1 de maio de 2015

Polícia Civil prende ‘Loura’ do tráfico em Xapuri

Já estavam de olho: Polícia Civil prende ‘Loura’ do tráfico em Xapuri

    Momento após o cerco na casa de acusada e apreensão de entorpecentes que seriam vendidos.
    Momento após o cerco na casa de acusada e apreensão de entorpecentes que seriam vendidos.
    Alexandre Lima
    Agentes da polícia civil da cidade de Xapuri, após alguns meses de investigação, conseguiram prender em flagrante delito no Bairro do Laranjal, além de fechar mais uma ‘boca de fumo’, durante uma operação autorizada pelo Delegado Cristiano Bastos e coordenada pelo investigador.
    A operação ocorreu no período da tarde desta quinta-feira, dia 30. O ‘estouro’ do ponto de venda de droga que vinha funcionando a todo vapor, era comandada pela jovem Jaqueline Silva Uchoa (20). A acusada ainda tentou se livrar do flagrante ao perceber o cerco em sua casa.
    Tentativa de se livrar das provas não foi possível e recuperaram quase 100 trouxinhas.
    Tentativa de se livrar das provas não foi possível e recuperaram quase 100 trouxinhas.
    Jaqueline ainda jogou pela janela, vários papelotes de droga jogando no meio do mato. Uma varredura realizada pelos agentes, foi possível localizar e recuperar cerca de 98 unidades. A acusada vinha sendo investigada nos últimos seis meses pelos agentes que lhe prenderam.
    De acordo com as investigações, numa das abordagens que conseguiu escapar, mas deixou rastros, havia num celular apreendido um vídeo, onde mostrava Jaqueline ostentando muitas notas de R$ 100 reais proveniente do tráfico que praticava no Bairro Laranjal em Xapuri.
    Droga apreendida durante a operação foi levada para a delegacia.
    Droga apreendida durante a operação foi levada para a delegacia.
    A jovem foi conduzida para a delegacia de Xapuri, onde seria ouvida pelo delegado titular daquela cidade, onde seria presa em flagrante delito, pelo crime de tráfico e associação ao tráfico de drogas. A mesma será conduzida ao presídio na Capital, onde aguardará o pronunciamento da Justiça sobre caso e julgamento. Jaqueline poderá ser condenada a cerca de 15 anos de reclusão.
    Chegada de Jaqueline na delegacia e apresentada ao delegado para ser ouvida e presa em flagrante.
    Chegada de Jaqueline na delegacia e apresentada ao delegado para ser ouvida e presa em flagrante.