quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Namorado de mãe é suspeito de matar garota de 15 anos no AC

27/11/2014 13h10 - Atualizado em 27/11/2014 15h15

Namorado de mãe é suspeito de matar garota de 15 anos no AC

'Ele matou uma criança', diz pai da adolescente.
Polícia Civil faz buscas por suspeito no município de Xapuri.

Aline NascimentoDo G1 AC
Janaína foi morta após discussão entre a mãe e o namorado (Foto: Arquivo pessoal)Janaína foi morta após discussão entre a mãe
e o namorado (Foto: Arquivo pessoal)
A adolescente Janaína Nunes da Costa, de 15 anos, foi morta na tarde de quarta-feira (26) com três facadas, na cidade de Xapuri (AC), distante 188 quilômetros de Rio Branco. O namorado da mãe da garota é o principal suspeito do crime, de acordo com informações da delegacia da cidade. Segundo a polícia,  a mãe da jovem e o namorado estavam discutindo quando Janaína tentou defender a mãe das agressões do companheiro. A jovem foi ferida com facadas no pescoço, mão e na cabeça.
Após o crime, a adolescente foi encaminhada para o hospital da cidade, mas não resistiu. A delegacia informou que a vítima perdeu muito sangue. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), em Rio Branco, para passar por perícia e foi liberado para ser velado e enterrado em Xapuri.
O pai da vítima, o pedreiro João Pereira da Costa, aguardava, na manhã desta quinta-feira (27), a liberação do corpo da filha no IML. Morador de Rio Branco, ele conta que viu a filha há 20 dias quando foi para o enterro de uma tia na cidade do interior.
"Estive em Xapuri, convesei com ela e estava animada. O que sabemos é que a Janaína foi defender a mãe, quando ele a esfaqueou. Eu conheço o suspeito e espero que a justiça seja feita porque ele matou uma criança", desabafa.
Os pais de Janaína estão separados há seis anos. Porém, o pedreiro ressalta que sempre teve um bom relacionamento com a mãe da jovem, que está em estado de choque após o crime.
  •  
Pai da vítima, João Pereira da Costa, pede justiça (Foto: Aline Nascimento/G1)Pai da vítima, João Pereira da Costa, pede justiça (Foto: Aline Nascimento/G1)
Na delegacia, o inquérito foi instaurado e está sendo presidido pelo delegado Antônio Carlos Marques Melo, coordenador da unidade. O G1 tentou entrar em contato com ele, mas foi informado que estão sendo feitas diligências na zona rural do município, local onde tiveram informações que o suspeito estaria escondido.

Nenhum comentário: