terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Físicos da Dinamarca preveem o fim do universo

Físicos da Dinamarca preveem o fim do universo


Bóson de Higgs pode ser evidência do fim do mundo para cientistas da Dinamarca

O universo inteiro pode estar prestes a entrar em colapso e arrastar tudo que existe para uma pequena bola comprimida. O processo pode já ter começado em algum lugar do cosmos e deve acabar com o resto do universo, dizem alguns físicos teóricos. Fique por dentro dessa teoria catastrófica!
Esse conceito de que universo pode acabar comprimido já existe há alguns anos. A novidade é que pesquisadores na Dinamarca afirmam que conseguem provar sua existência por meio de equações matemáticas.
A teoria explica que, em algum tempo, uma mudança radical vai acontecer nas forças do universo. Essa mudança tornará as partículas – mesmo de um grão de areia – extremamente pesadas. Reflexo dessa mudança, todos os planetas e galáxias ficarão milhares de vezes mais pesados.
A mesma teoria sugere que tanto peso vai espremer todo o material em uma pequena bola, que seria pesada e extremamente quente, dando fim ao universo como o conhecemos. Os físicos apontam que a mudança será algo violento e não haverá uma “fase de transição”. Semelhante ao que acontece quando a água se transforma em vapor ou quando um ímã se aquece e perde seu poder.
De acordo com a teoria de Higgs, uma transição de fase aconteceu um décimo de bilionésimo de segundo depois do Big Bang, causando uma mudança no tecido do espaço-tempo. Durante esta transição, o espaço vazio se encheu com uma substância invisível que nós chamamos agora de campo de Higgs.
Ao usar equações matemáticas, os pesquisadores da Universidade do Sul da Dinamarca descobriram que o campo de Higgs poderia existir em dois estados – da mesma forma que a matéria existe como líquido ou sólido.
No segundo estado, o campo de Higgs é bilhões de vezes mais denso. Se esse campo de Higgs ultra-denso existe, então uma “bolha” neste estado poderia aparecer de repente em um determinado lugar do universo a qualquer momento, similar a quando você ferve a água.
A bolha se expande na velocidade da luz, alcançando todo o espaço e transformando o campo de Higgs do estado em que está agora em um novo. Tudo que estivesse fora da bolha seria puxado para formar um centro com massa muito maior.
Em entrevista ao Daily Mail, o físico e estudante de doutoramento na Universidade do Sul da Dinamarca, Jens Krog, afirma:
— Agora temos realizado cálculos mais precisos e vemos duas coisas: sim, o universo provavelmente entrará em colapso e um colapso é ainda mais provável que os cálculos de idade previstos.
A previsão dos cientistas ainda não é precisa sobre quando irá acontecer o fim do universo.
— Talvez um colapso esteja começando agora e aqui. Ou talvez ele vá começar bem longe daqui, em um bilhão de anos. Nós não sabemos.
Apesar de alarmante, a ideia do fim do mundo não deve ser tão temida. Isso porque, embora os novos cálculos tenham a previsão de que o colapso agora é mais provável do que nunca, também é possível que a previsão nunca aconteça – vale a pena torcer para que os físicos estejam errados.

Nenhum comentário: