segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Marreteiro é assassinado a tiros em Xapuri e polícia procura dupla

Marreteiro é assassinado a tiros em Xapuri e polícia procura dupla

O casal de comerciantes Antônio Alves Teixeira, o “Ceará”, 48, e Eva Maria Nogueira, 33, foi baleado, por volta das 9 horas da noite deste domingo (20), por um homem que tinha o rosto encoberto por um pano e usava uma espécie de peruca, dessas que são muito comuns na época do carnaval. Marido e mulher foram atingidos pelo menos por dois tiros cada um.
Momento em que 'Ceará' era levado ao hospital de Xapuri pelos socorristas do SAMU - Foto: Thay Tavares
Momento em que ‘Ceará’ era levado ao hospital de Xapuri pelos socorristas do SAMU – Foto: Thay Tavares
Com uma perfuração localizada logo abaixo do peito esquerdo, Antônio Teixeira morreu a caminho do hospital Epaminondas Jácome. Eva Maria foi alvejada no braço esquerdo e na junção do fêmur com a bacia, onde uma das balas ficou alojada. A mulher foi imediatamente transferida para Rio Branco por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).
Testemunhas do crime contaram que o assassino começou a atirar no casal no interior da barraca (foto) localizada na esquina das ruas 24 de janeiro e Floriano Peixoto. Antônio correu para fora, mas foi alcançado pelo atirador e executado a cerca de 5 metros do local com tiros à queima roupa. Havia, no momento do crime, uma razoável movimentação de pessoas naquela área da cidade, mas nenhum policiamento.
Segundo as mesmas fontes, após efetuar os disparos o criminoso subiu a pé pela rua Floriano Peixoto até as proximidades do Fórum da cidade, onde um homem o esperava em uma motocicleta. As barreiras policiais na BR-317 foram comunicadas do ocorrido, mas até 1 hora da madrugada desta segunda-feira (21), não havia pistas do homicida.
Antônio Alves Teixeira, o “Ceará”, 48, não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital - Foto: Thay Tavares
Antônio Alves Teixeira, o “Ceará”, 48, não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital – Foto: Thay Tavares
A polícia recebeu informações sobre uma intensa discussão que Ceará teve  com um funcionário de sua barraca, na última sexta-feira (18). Demitido, o empregado teria prometido se vingar do comerciante, que veio de Rio Branco com sua mulher e uma filha para trabalhar durante a festa de São Sebastião, que se encerrou neste domingo.
'Balas' que tranpassaram o corpo de Ceará - Foto: Raimari Cardoso
‘Balas’ que tranpassaram o corpo de Ceará – Foto: Raimari Cardoso
Acima, dois dos projéteis que foram disparados contra o casal. Uma das balas está intacta, depois de haver transfixado o corpo do comerciante. A outra, na parte superior da imagem, está completamente esmagada, provavelmente depois de ter colidido contra o asfalto. Sem dúvidas, um fim de semana negro numa data que deveria ser apenas de festa em Xapuri.
Texto: Raimari Cardoso – Blog Xapuri Agora!

Comentários

Nenhum comentário: