terça-feira, 27 de novembro de 2012

Tarauacá: túmulo de jovem assassinado à queima roupa é violado

Tarauacá
27/11/2012 14:46 - Atualizado em 27/11/2012 14:50
Tarauacá: túmulo de jovem assassinado à queima roupa é violado
Acredita-se que só não levaram o corpo de Leandro por conta do cheiro forte do corpo, que já está quase se decompondo.
Da Redação da Agência ContilNet
Túmulo do jovem foi violado, mas polícia ainda não sabe quem foi o autor do crime/Fotos: Blog do Accioly
Túmulo do jovem foi violado, mas polícia ainda não sabe quem foi o autor do crime/Fotos: Blog do Accioly
Na noite dessa segunda-feira (27), familiares do jovem Leandro Magalhães, assassinado à queima roupas na tarde deste domingo (25), foram surpreendidos com a notícia de que o túmulo onde o corpo foi sepultado havia sido violado, no cemitério São João Batista, em Tarauacá.


Populares encontraram a sepultura violada e o caixão havia sido tirado da gaveta. De imedidato, a Polícia Militar foi acionada para dar início às investigações.



O ato criminoso chocou ainda mais a população, que se aglomerou para testemunhar o ato macabro.



Indignados, familiares e a população pedem uma investigação severa e eficiente por parte das autoridades, para descobrir e punir os autores do ato criminoso.



Populares afirmaram que possivelmente o vândalo não teria levado o corpo devido ao forte odor, já em estado de decomposição.



O assassinato aconteceu na rua João de Paiva, no bairro da Praia, em Tarauacá. De posse de um revólver, um sujeito entrou num bar e disparou à queima roupa contra o jovem Leandro Magalhães, filho do falecido Zé Vagner.



Com a ação rápida dos agentes da Polícia Militar, já estão presos na Delegacia de Polícia de Tarauacá Antônio José Castro Amorim, 18 anos, e José Vagner da Silva, 19 anos, suspeitos do assassinato de Leandro Magalhães.



Segundo informações da polícia, Antônio José, o “Nequinho do Altemir", foi quem realizou os disparos e José Vagner foi responsável pela fuga de seu comparsa.

Fonte: Blog do Alccioly

Nenhum comentário: