terça-feira, 18 de setembro de 2012

No Acre, cerca de 900 bancários entram em greve a partir de terça

greve_bancos_a
assembleia agendada para esta segunda-feira (17), às 17h, na Povos da Floresta, os bancários da irão referendar greve por indeterminado. Os bancários estão na data e as negociações com os patrões não avançaram, com a categoria decidindo ir à greve para forçar uma nova proposta da Fenaban.
REIVINDICAÇÕES
Na última negociação, os patrões reafirmaram na mesa de negociação uma proposta salarial de reajuste de 6% para todas as verbas. A proposta foi rejeitada nas assembleias ocorridas na quarta-feira (12). Os bancários querem aumento real de salario de 5%, totalizando um percentual de reajuste de 10,25%. Outras reivindicações da categoria dizem respeito a melhoria na Participação nos Lucros e Resultados (PLR), fim das metas abusivas e assédio moral, segurança bancária e juros menores.
Pesquisa publicada recentemente pelo Dieese aponta 97% dos acordos salariais do semestre no país contêm reais de salário, quase todos acima da proposta de 0,58% apresentada pela Fenaban na penúltima de negociação, no dia 28 de agosto.
VALORIZAÇÃO DOS PISOS
Na busca da valorização do piso dos bancários brasileiros, a Confederação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (CONTRAF-CUT) junto a entidades sindicais sul-americanas encomendaram uma pesquisa onde mostra que o piso salarial dos bancários brasileiros é um dos mais no continente. Enquanto os pagam piso de 1.090 dólares no Uruguai e de 1.200 dólares na Argentina, aqui no Brasil é de apenas 681 dólares (ou seja, R$ 1.400). Isso significa que o piso do bancário hoje é 58% do salário do Dieese de R$ 2.416, o que está sendo reivindicado nesta campanha salarial.
CHEGA DE TRUQUES
Ciente que os bancos podem pagar mais, o do Sindicato dos Bancários do Acre, Edmar Batistela, explica que os seis maiores bancos do país, que empregam mais de 90% da categoria, lucraram R$ 25,2 bilhões somente no primeiro semestre. E ainda provisionaram R$ 39,15 bilhões para devedores duvidosos (PDD), 64,3% a mais que o lucro líquido.
- É um disparatado truque contábil para uma inadimplência que cresceu apenas 0,7 percentuais no mesmo período, comenta Batistela.
O sindicalista ainda chama atenção para a matéria publica durante a semana pelo Estadão.com, onde explica que os bancos nacionais tiveram retorno de 11,31% do seu patrimônio no segundo trimestre, enquanto que nos Estados Unidos, o retorno das instituições financeiras foi de 7,68%. Ou seja, os bancos no Brasil tiveram ganho 47% superior ao dos americanos.
CRUZAR OS BRAÇOS
Com cerca de 900 bancários em todo estado, totalizando um montante de 62 agências, 25 na capital Rio Branco e outras 37 espalhadas pelos demais municípios, o Sindicato dos Bancários avisa a sociedade acreana que, caso não ocorra negociações até segunda-feira, os bancários irão cruzar os braços a partir da 00h00 da próxima terça-feira (18).
A direção do Sindicato comunica à sociedade que os serviços essenciais das unidades bancárias irão continuar funcionando: compensação e caixas eletrônicos (autoatendimento), assim atendendo a legislação.

*Com informações do SEEBAC


Nenhum comentário: