terça-feira, 4 de setembro de 2012

Juiz manda PF investigar transferência de títulos de eleitores para Porto Acre


Juiz manda PF investigar transferência de títulos de eleitores para Porto Acre

3 de setembro de 2012 - 5:16:17
A eleição na cidade de Porto Acre (distante 60 km de Rio Branco) pode está encobrindo uma prática ilegal na esfera eleitoral. O juiz do 10 zona eleitoral, Pedro Longo confirmou para essa semana o inicio de uma correição entre os eleitores cadastrados para votar no próximo pleito.
Correição é um processo que investiga se os eleitores realmente possuem domicílio no município onde votam. O crescimento anormal no número de eleitores aptos a votar no município chamaram a atenção da justiça eleitoral.
De acordo com o magistrado há indícios de irregularidades nas transferências, mas essa hipótese somente será confirmada após uma investigação que será feita pela Polícia Federal por determinação da justiça eleitoral. Pedro Longo informou que caso sejam comprovadas as denúncias de irregularidades, a justiça pode cancelar os registros, mas somente após a eleição, porque a legislação não permite a adoção de tal medida em ano eleitoral.
A suspeita é que eleitores que moram em Rio Branco e em outras cidades próximas, tenham transferido o domicilio eleitoral apenas para votar nesta eleição, para beneficiar determinado candidato supostamente em troca de algum benefício.
Porto Acre tem uma população de 14.806 habitantes  e 12.172 eleitores aptos para a eleição de 7 de outubro.
Jairo Barbosa – jbjurua@gmail.com
AC24Horas

Nenhum comentário: