quinta-feira, 21 de julho de 2011

Moradores da Vila Campinas reacendem a emancipação

O movimento Pró-Campinas Município reascendeu a vontade de emancipar distritos no Acre.  Em articulação com a Comissão Nacional Pelas Emancipações, o grupo luta pela transformação em municípios dos distritos de Humaitá (Porto Acre), Campinas (Plácido de Castro) e Santa Luzia (Cruzeiro). Eles formaram uma comissão das 3 vilas e farão, no dia 16 de agosto, um ato público.

“Antes, vamos a Brasília participar de uma marcha para pressionar o Congresso Nacional a mudar o art. 18, parágrafo 4º, da Constituição Federal”, disse um dos representantes da comissão, Gildomar O. Gomes, o ‘Charqueiro’. Por 10 anos, a lei tirou a autonomia dos estados da Federação pra criação ou emancipação de novos municípios.

Perguntado sobre a expectativa de uma possível emancipação, Charqueiro contou que ‘Vila Campinas sempre teve esse desejo’. A possibilidade de criação de novos Estados da Federação trouxe à tona o assunto. “Já fizemos até audiências públicas com 28 representantes de associações, líderes religiosos, políticos e membros da OAB/Acre para discutir a emancipação política do distrito”, informou ele.

Se modificada, a nova lei daria ao Poder Legislativo Estadual autonomia de criação, fusão, desmembramento e incorporação dos municípios.  A proposta tramita no Congresso Nacional. No distrito, que possui cerca de 6.000 habitantes, é grande a expectativa para a aprovação da lei e a consequente transformação em município. “Criamos até um movimento Pró-Campinas”, finalizou o ativista.
fonte:jornalagazeta



Nenhum comentário: