quarta-feira, 11 de maio de 2011

Falha em antenas e velocidade baixa atrapalham internet grátis no Acre

Floresta Digital leva rede gratuitamente para 14 municípios do estado.
Usuários podem acessar rede por antena ligada a porta USB.

Laura Brentano Do G1, em Rio Branco
Antenas de algumas casas em Rio Branco são mal instaladas e não acessam a web (Foto: Laura Brentano/G1)Antenas de algumas casas em Rio Branco são mal instaladas e não acessam a web (Foto: Laura Brentano/G1)
Um projeto de R$ 6,2 milhões que pretende levar internet de graça para todas as regiões urbanas do Acre esbarra em problemas na instalação e qualidade de conexão. Lançado em fevereiro de 2010, o Floresta Digital já possui cobertura completa em toda a cidade de Rio Branco e em mais 14 municípios – ainda restam sete. Entre os que já usam o serviço, contam-se aqueles que, mesmo com acesso, preferem frequentar lan houses.
Na série lig@dos, o G1 vai mostrar como pessoas de diferentes locais se relacionam com a tecnologia. Na primeira etapa, mostraremos três cidades em diferentes estados da região Norte do país. Mande suas perguntas na área de comentários ao final da reportagem.
Rio Branco - ligados (Foto: Editoria de Arte/G1)

Com seis torres instaladas em órgãos públicos de Rio Branco e 180 equipamentos de transmissão, a cidade já possui sinal de internet wi-fi em toda sua região. Porém, a rede sem fio só consegue ser acessada nos 500 metros em torno dos pontos. Por isso, os moradores que querem colocar web gratuita em casa precisam comprar uma antena com apenas uma entrada USB – para um computador –, que custa cerca de R$ 200.

Nenhum comentário: