sábado, 19 de fevereiro de 2011

NOVO FUSO HORÁRIO DO ACRE.


Globo tenta anular fuso horário escolhido em referendo no Acre!
A Abert alega que o horário vigente foi instituído por lei ordinária que tramitou na Câmara e Senado e foi sancionada pelo presidente da República.
A Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) ameaça recorrer à Justiça para tentar impedir a população do Acre de voltar a conviver com a hora antiga do Estado, isto é, de duas horas de diferença em relação ao horário de Brasília.
No ano passado, a Justiça Eleitoral gastou mais de R$ 1 milhão com a realização de um referendo no Acre, quando os  eleitores decidiram pela mudança do fuso horário. Porém, a Rede Globo e a Rede Amazônica de Televisão até agora não se conformaram com o resultado.(Fonte:"Contilnet").
O Acre parece um fantoche, todos querendo manipular, só que em interesses próprios. Vejamos: A Globo, juntamente com a Abert(vide acima), tenta impedir o retorno do antigo fuso horário referendado pela população do Acre, com um gasto de R$ 1 milhão, efetuado pela Justiça Eleitoral. A Abert deveria se preocupar em investir no estado, procurando esmerar o jornalismo, trazer cursos, para geração de emprego e renda, a esta clientela que está se comprometendo com a comunicação no estado do Acre, impor uma grade de programação  mais adequada para a Nação brasileira. Para a Abert fica o repúdio dos acrianos que referendaram o retorno do antigo horário. Mas o interesse maior da Abert, é devido as transmissões de programas, que não podem ser exibidos nos horários incompatíveis com a lei. Enquanto este horário que foi imposto abertamente aos acrianos não mudar, as redes de televisão estão satisfeitas, pois podem jogar no ar sua programação a bel prazer, faturando milhões para seus grupos de comunicação! Mas acredito que a Justiça Eleitoral, através de sua corte maior, deverá fazer valer a lei eleitoral deste país, sobrepondo-se a Abert! A Rede Globo e a Rede Amazônica, que tem a maior fatia no mercado de comunicação no Acre, são as mais interessadas em perpetuar este fuso horário vigente. Justiça neles!!!!!!!!tsp.'.

Nenhum comentário: