domingo, 30 de janeiro de 2011

Polícia prende jovem andando ‘pelado’ nas ruas da cidade de Xapuri

Xapuri
29/01/2011 21:51
Polícia prende jovem andando ‘pelado’ nas ruas da cidade de Xapuri
A polícia teve bastante trabalho para prender Marcelo, que resistiu muito antes de ser algemado e enrolando em uma toalha.
Da Redação da Agência ContilNet
Marcelo andava nu em uma rua de Xapuri quando foi preso pela polícia
Marcelo andava nu em uma rua de Xapuri quando foi preso pela polícia
O jovem Marcelo Silva Pinheiro, 21 anos, foi preso nesta sexta-feira (29) andando nu em uma rua do bairro Leonardo Barbosa, no município de Xapuri. O serviço e emergência do 190 foi acionado por moradores do local, que ficaram assustados com o que viam.
A polícia teve bastante trabalho para prender Marcelo, que resistiu muito antes de ser algemado e enrolando em uma toalha. “Ele deve sofrer de problemas mentais ou  estar sob efeito de drogas”, disse um  policial que atendeu a ligação telefônica da Agência ContilNet.
Maioria das pessoas que postou comentários no site Alto Acre, garante que Marcelo é um jovem trabalhador e respeitado na cidade. “Achei muito estranho a situação com o jovem Marcelo Pinheiro. Primeiro que conheço o mesmo já há muito tempo e sei que é trabalhador e bastante querido na comunidade xapuriense. Estranhou-me a informação de aparente distúrbio mental, já que o mesmo possui invejável desenvolvimento intelectual. Ele foi meu aluno no Ensino Médio e tivemos a oportunidade de trabalhar juntos”, disse o professor Jocires Angelo.
Em outros comentários, os internautas pareciam não acreditar ao ver as fotos do jovem exibidas nas páginas do maior site de notícias do Alto Acre. “Tadinho do Marcelo, eu conheço ele e sei que não seria capaz de fazer tal coisa sozinho. É uma pessoa inteligente e de bom caráter também. Poxa, que pena Marcelo”, disse uma pessoa que se identificou como Sily Souza.
A polícia de Xapuri já iniciou as investigações para apurar o que levou um jovem tão querido e respeitado a sair nu pelas ruas da cidade.
*Com informações do site Alto Acre

Nenhum comentário: