quinta-feira, 25 de junho de 2009

MICHAEL JACKSON

Acompanhe os fatos que marcaram a vida de Michael Jackson

michael-jackson1

Veja a relação de algumas das datas mais importantes da vida do astro pop Michael Jackson.

29 de agosto de 1958: Nasce Michael Joseph Jackson, em Gary, Indiana (EUA).

Agosto de 1962: Michael Jackson estreia com seus irmãos na banda The Jackson Five.

Efe Michael Jackson alcançou o auge do sucesso nos anos 80; “Thriller” vendeu mais de 100 milhões de cópias em todo o mundo Março de 1969: The Jackson Five assina contrato com a lendária gravadora Motown, e Michael Jackson começa a ficar conhecido. As canções “ABC” e “I’ll Be There” são os primeiros sucessos.

1970: Michael Jackson se lança em carreira solo.

Agosto de 1979: Lançamento do disco “Off the Wall”, produzido por Quincy Jones. Cópias vendidas: 11 milhões.

Dezembro de 1982: Lançamento de “Thriller”, o álbum mais vendido de todos os tempos: mais de 100 milhões de cópias em todo o mundo e sucessos como “Billie Jean” e “Beat It”.

1985: Michael Jackson escreve “We Are The World”, tema da campanha contra a fome na África.

1987: Lançamento de “Bad”. Novo sucesso: 25 milhões de cópias vendidas até hoje.

1992: Michael Jackson lança “Dangerous” e vende mais de 30 milhões de discos até hoje.

Agosto de 1993: Um homem acusa Michael Jackson de abusar de seu filho, Jordan Chandler, 13, mas o caso é resolvido fora dos tribunais em um acordo que pode ter envolvido US$ 25 milhões.

Maio de 1994 a fevereiro de 1996: Casamento com Lisa Marie Presley, filha de Elvis.

Junho de 1995: Lançamento de “History: Past, Present and Future - Book I”, que consumiu cerca de US$ 40 milhões em publicidade.

Novembro de 1996 a outubro de 1999: Casamento com a enfermeira Debbie Rowe, com quem teve dois filhos: Prince Michael e Paris Michael Katerine.

Outubro de 2001: Lançamento de “Invincible”.

19 de novembro de 2002: Michael Jackson segura seu terceiro filho, Prince Michael 2º, de nove meses, para fora da sacada de um hotel em Berlim, causando um escândalo e o obrigando a se desculpar no dia seguinte.

31 de janeiro de 2003: A casa de leilão Sotheby’s processa Michael Jackson por não ter pago duas obras que comprou.

3 de fevereiro: TV britânica mostra documentário “Living With Michael Jackson”, em que cantor afirma que nunca abusou de um menor, mas confessa que já havia divido sua cama com vários garotos.

6 de fevereiro: Cantor divulga comunicado à imprensa afirmando que estava “arrasado” com o documentário sobre sua vida. “Hoje estou me sentindo mais traído do que em qualquer outro momento de minha vida.”

30 de maio: Ex-assessores dizem que o cantor norte-americano estaria “quebrado” financeiramente, com dívidas de US$ 12 milhões.

31 de outubro: O astro lança o CD de coletânea “Number Ones”.

18 de novembro: Mais de 60 investigadores revistaram Neverland, a mansão de Michael Jackson.

19 de novembro: Jackson recebe ordem de prisão pela acusação de abuso sexual a um menor de 12 anos.

20 de novembro: Jackson se entrega à polícia da Califórnia. Acusado de abuso sexual infantil, ele entrou algemado pela porta dos fundos da delegacia, mas deixou o local no mesmo dia depois de pagar fiança de US$ 3 milhões.

18 de dezembro: Michael Jackson é acusado formalmente por abuso sexual pela Promotoria de Justiça norte-americana.

28 de janeiro de 2005: Juiz aceita como evidência material pornô de Michael Jackson confiscado em Neverland. Foram encontrados 17 livros, 32 revistas, DVDs e imagens retiradas do computador do artista.

31 de janeiro: Michael Jackson começa a ser julgado por acusação de abuso sexual.

5 de abril: Ex-funcionária de Michael Jackson afirma que ator Macaulay Culkin dormia no quarto do cantor.

3 de maio: Jackson deve mais de US$ 230 milhões. A crise financeira teria começado em 2003, depois do polêmico documentário no qual ele aparece afirmando que costumava dormir com crianças na mesma cama.

11 de maio: Ator Macaulay Culkin depõe e defende Michael Jackson ao negar que ele tenha sido abusado sexualmente em 1991.

3 de junho a 13 de junho: Jurados levam dez dias para discutir o veredicto de Michael Jackson.

13 de junho: Michael Jackson é absolvido pelo Júri das dez acusações que pesavam sobre ele: conspiração com fins extorsivos, sequestro de um menor de idade, abuso sexual e fornecimento de agente tóxico (vinho) com a finalidade de cometer o delito.

Julho de 2005: Cantor compra um luxuoso imóvel e se muda para Bahrein, pequeno reino do Golfo.

3 de agosto: Jackson recebe US$ 2 milhões pela primeira entrevista após julgamento

21 de dezembro: Com uma dívida de US$ 270 milhões, Michael Jackson tenta evitar perda de bens, como seu catálogo musical e rancho Neverland.

12 de março de 2007: Michael Jackson vende parte dos direitos dos álbuns dos Beatles.

16 de julho de 2008: Rádio britânica elege “Billie Jean” a melhor música dance de todos os tempos.

29 de agosto: Michael Jackson completa 50 anos em casa com os filhos.

10 de novembro: Para não perder Neverland, cantor vende propriedade para si mesmo ao transferir o rancho para Sycamore, uma joint venture entre Jackson e uma empresa chamada Colony Capital.

21 de novembro: Michael Jackson se converte ao islamismo e passa a se chamar Mikaeel, nome de um dos anjos de Alá, informou o tabloide britânico “The Sun”.

22 de dezembro: Michael Jackson volta a morar nos Estados Unidos ao alugar uma casa em Los Angeles por US$ 100 mil mensais.

4 de janeiro de 2009: Segundo jornal britânico “The Sun”, Jackson sofre de grave doença pulmonar genética e estaria convencido de que iria morrer em breve.

25 de janeiro de 2009: Michael Jackson, rei do pop, morre aos 50( Cantor teve uma parada cardíaca, foi internado às pressas em hospital de Los Angeles e não resistiu. Confirmação oficial da morte foi dada por volta das 20h30, no horário de Brasília.)

MORRE MICHAEL JACKSON!

25/06/2009 - 18h50

Michael Jackson sofre parada cardíaca e morre em Los Angeles, diz site

Da Redação
O cantor e compositor Michael Jackson, 50, morreu na tarde desta quinta-feira (25), após sofrer uma parada cardíaca em sua casa, em Los Angeles, disse o site especializado em celebridades TMZ.com. Ainda não há confirmação oficial.

De acordo com o jornal "Los Angeles Times", Jackson não estava respirando quando os paramédicos chegaram em sua residência, em Holmby Hills, por volta das 12h20 (horário local). Michael recebeu uma massagem cardiopulmonar ainda na ambulância e seguiu direto ao hospital da Universidade da Califórnia, que fica a dois minutos da casa do cantor.
  • Brainpix

    Michael Jackson, que morreu após parada cardíaca, em Los Angeles

O cantor tinha uma série de 50 shows em Londres, que começaria em 13 de julho.

A temporada de apresentações, intitulada "This Is It", estava originalmente marcada para começar no dia 8 de julho, mas foi adiada pelos organizadores em cinco dias por questões de logística.

Os adiamentos alimentaram as especulações de que Jackson estaria com problemas de saúde que poderiam atrapalhar seu retorno. Segundo a agência de notícias Efe, o presidente da promotora, Randy Phillips, avisou que a demora não tem "absolutamente nada a ver com a saúde" do cantor. O jornal "The Sun" publicou que Michael Jackson estaria com câncer de pele, mas a informação foi negada no mesmo dia.

Colocados à venda em março, os ingressos para as apresentações de Michael Jackson em Londres se esgotaram em apenas 5 horas. De acordo com cálculos da revista norte-americana "Billboard", os shows poderiam render mais de US$ 50 milhões ao cantor.
"UOL - celebridades".

quarta-feira, 24 de junho de 2009

O PROJETO ELIAS CAMPOS


Projeto de Elias Campos vai beneficiar Associação de Produtores do Caquetá

A Câmara aprovou ontem, por unanimidade, projeto de lei de autoria do vice-presidente da Casa, vereador Elias Campos (PRP) que transforma em entidade de utilidade pública a Associação de Produtores Rurais Sonho Meu. A Associação é sediada no projeto de assentamento Caquetá, no município de Porto Acre.

O projeto funciona no km 82 da BR-317 – trecho Rio Branco/Boca do Acre. Apear de ser à margem da Estrada de Boca do Acre, é parte integrante do histórico município de Porto Acre. Segundo Elias Campos, a aprovação do projeto vai mudar para melhor a vida de mais de 500 famílias assentados na região.

O líder da bancada do PRP, vereador Raimundo Vaz fez questão de ocupar a tribuna para elogiar o colega de partido pela iniciativa e afirmou que matérias desta natureza enaltecem e engrandecem o nome da Câmara de Rio Branco, pois prova que os vereadores estão preocupados com o bem-estar da população, sobretudo das pessoas que moram na zona rural.

A presidente da Associação Sonho Meu, Elisabete da Silva, e a tesoureira, Maria Lúcia Queiroz, assim como outros produtores rurais da região assistiram a votação do projeto e agradeceram aos vereadores pelo apoio, em especial Elias Campos, autor da matéria. "A transformação da nossa associação em entidade de utilidade pública era um grande sonho de todos nós. Graças adeus e ao empenho dos vereadores isso agora é uma realidade", afirma a presidente.
"Jornal o Rio Branco"

quarta-feira, 17 de junho de 2009

ACIDENTE COM CAÇAMBA TRUCADA.





Com o início do verão, aparece trabalho em grande quantidade para as caçambas. É o transporte de barro, para aterro dos mais variados tipos. Estress, alta velocidade para obter produtividade maior na semana, estrada em péssimas condições de trafego, às vezes um gole (pinga), e até mesmo imprudência dos caçambeiros, resulta sempre em acidentes como este que aconteceu hoje pela manhã, no km 14 da estrada de Porto Acre, ainda bem que não houve vítimas, somente um grande prejuízo para o proprietário da caçamba.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

FISCALIZAÇÃO APONTA ERROS DE WANDERLEY.


Um engenheiro do Ministério da Integração Nacional esteve em Xapuri neste final de semana para fiscalizar a execução do convênio de número 478586, publicado em 2002 e executado em 2005, durante a administração do ex-prefeito Vanderley Viana.

No valor de R$ 266.306,00, o convênio é destinado a pavimentação de ruas, drenagem e construção de calçadas. O resultado da fiscalização não surpreende e evidencia a forma irresponsável como os recursos públicos foram investidos.

As ruas Deocleciano Lago e Cícero Ferraz, Petronio Rodrigues, Luiz Ramos e 20 de janeiro, que deveriam ter sido beneficiadas com os recursos não receberam quase nenhuma melhoria. Em apenas alguns poucos trechos foi possível se perceber algum resquício de obras.

Outro convênio firmado entre a prefeitura de Xapuri e o Ministério da Integração Nacional para pavimentação de ruas (57432) teve sua vigência expirada no último dia 31 de maio. A precariedade das ruas de Xapuri é uma das piores heranças deixadas pela última administração.

De acordo com Daniel, o engenheiro que esteve na cidade fiscalizando a execução do convênio, um inquérito foi aberto na delegacia de Polícia Federal em Epitaciolândia para apurar as irregularidades. Em breve, outros convênios estarão sendo alvos de fiscalização. (Raimari Cardoso)
"Jornalatribuna"
Foto é do Blog.

MAIS UM ACIDENTE NA AC-10!


Mais um acidente automobilístico, aconteceu na tarde de hoje, 10.06.09, na estrada AC-10, conhecida como estrada de Porto Acre. Conforme informações da condutora do veículo, a odontóloga Talita, que trabalha no ramal do Tocantins, com o carro em movimento, ela tentou baixar o vidro da porta, mas o carro desgovernou e saiu do asfalto, capotando em seguida. O prejuízo foi somente danos materiais no veículo, já que ela saiu ilesa sem nenhuma escoriação.

segunda-feira, 1 de junho de 2009

DISTÂNCIA FOI O PROBLEMA!


Distância foi o principal problema de
Rio Branco para ser sede da Copa

Com a escolha de Manaus como a sede verde da Copa de 2014, dificilmente Rio Branco entra na disputa para ser subsede. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), conforme explicou a turismóloga da Secretaria de Esportes Turismos e Lazer (Setul), Esleide Portela, defende que o problema da capital acriana é a localização distante de todas as sedes do evento.

“Por enquanto não há proposta para a candidatura de Rio Branco para nada. Mas algumas coisas ainda podem mudar depois do congresso que será promovido pela CBF”, acrescentou a turismóloga.

Segundo o secretário de Esportes, Cassiano Marques, os planos referentes à Copa de 2014 serão investir no turismo ecológico para os torcedores que aproveitarão o evento para conhecer a Amazônia.

No entanto, o arquiteto responsável pelo projeto Arena da Floresta, Luiz Volpato, revelou que a equipe organizadora da campanha não ficou satisfeita com a decisão da Fifa. “Quem briga para ser presidente não se contenta com cargo secundário.”

De acordo com o jornal O Globo, Rio Branco concorreu apenas para tentar aumentar sua exposição na mídia. O grande desejo da capital do Acre é receber alguma seleção que fizer seu primeiro jogo em Manaus e desejar realizar a preparação para a Copa na cidade. Sabia que não teria chance contras as rivais amazonense e paraense. (Gilberto Lobo)

Entraves para ser subsede
Com a escolha de Manaus como a sede verde da Copa de 2014, dificilmente Rio Branco entra no na disputa para ser subsede. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), conforme explicou a turismóloga da Secretaria de Esportes Turismos e Lazer (Setul), Esleide Portela, defende que distância da capital acreana para onde as seleções irão se hospedar é o maior empecilho.

“Por enquanto não há proposta para a candidatura de Rio Branco para nada. Mas algumas coisas ainda podem mudar depois do congresso que será promovido pela CBF”, acrescentou a turismóloga. (Gilberto Lobo)

Prêmio de consolação
Diante da acusação feita pelas candidatas cortadas pela Fifa, de manipulação dos resultados, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, defendeu-se em entrevista ao JC on-line. Ele reiterou não ter participado da decisão. “Tive apenas (influência) como membro do poder executivo da Fifa. Votei a favor das 12 sedes em vez de 10, como é o normal.”

O presidente aproveitou e anunciou um prêmio de consolação para Florianópolis, Rio Branco, Belém, Campo Grande e Goiânia: elas poderão organizar futuros amistosos da seleção brasileira ou de receber eventuais treinamentos e até hospedagem de seleções estrangeiras durante a Copa de 2014. (Gilberto Lobo)

"JORNALATRIBUNA"