quarta-feira, 12 de agosto de 2009

TIÃO DESCARTA PERMANÊNCIA DE MARINA NO PT


Companheiro de bancada da petista Marina Silva (AC), o senador Tião Viana, que também é do Acre, já diz não acreditar na permanência da colega no PT. O senador conversou rapidamente com o G1, enquanto aguardava o começo da sessão desta quarta-feira (12).
Para ele, está muito difícil a permanência de Marina na sigla, tamanho o avanço das negociações da senadora com o Partido Verde (PV). Tião considera "que não tem mais volta" e que a colega deve mesmo partir para "novos rumos". Companheiros de partido e de militância no PT do Acre, ele disse que já conversou reservadamente com Marina e "sentiu" que a situação está bem avançada.

A senadora tem falado abertamente na proposta que recebeu do PV para ingressar na sigla. Nesta terça-feira (11), ela disse que estuda a possibilidade de deixar o PT para buscar um novo projeto que poderia incluir uma candidatura à Presidência da República em 2010 pelo Partido Verde.
Viana acredita que a possível saída de Marina vai mexer com a conjuntura eleitoral, uma vez que o partido deseja que a senadora seja candidata à presidência.

Marina diz que a candidatura não está em discussão ainda, mas que deseja decidir-se em breve. “Nessa reflexão que estou fazendo não tem cálculo pragmático de ser candidata ou não. Estou discutindo um projeto programático no que considero ser a base para qualquer programa”, disse Marina.
Ela afirmou que a intenção é discutir uma alternativa política que concilie questões ambientais, econômicas e sociais. Marina diz não ter conversado ainda com o PT sobre a possibilidade de manter o mandato de senadora caso troque de partido. “Quando você faz algo da magnitude que estou fazendo não tem cálculo político. É uma honra ter recebido o mandato dos acreanos, mas não será o medo de perder o mandato que me fará desistir do que estou trabalhando”, afirmou.

SITE GLOBO.COM "G1"

Nenhum comentário: