domingo, 10 de maio de 2009

ORLEIR CAMELI INICIA PAVIMENTAÇÃO DA ESTRADA DE BOCA DO ACRE


A construtora Colorado, do ex-governador Orleir Camlei, inicia neste mês a pavimentação dos 100 quilômetros da BR-317, no trecho amazonense Boca do Acre-Rio Branco. A conclusão da obra está prevista para dezembro deste ano. O governo do Amazonas deve pagar cerca de R$ 700 mil por quilômetro pavimentado.

O próprio empresário Orlei Cameli está em Boca do Acre para supervisionar o início da empreitada. Ele levou duas patrulhas mecanizadas, desde o dia primeiro de maio, para dar conta do cronograma estabelecido pelo governo do Amazonas.

Os materiais e insumos também já foram providenciados, e as obras começam sem nenhum tipo de problema, e contam ainda com o início do verão para facilitar a empreitada.

A empresa aguarda apenas a liberação da licença ambiental que deve acontecer esta semana, já que o próprio governador Eduardo Braga está empenhado, pessoalmente, na realização desta obra.

Segundo a construtora Colorado, a pavimentação da BR-317 em Boca do Acre vai gerar cerca de 250 empregos diretos, a maioria de mão de obra especializada. Para não faltar massa asfáltica, duas usinas estão sendo instaladas no município.

Os próprios engenheiros das empreiteiras estão entusiasmados com a constatação da existência de farto material de apoio no trecho a ser pavimentado. Uma variedade de piçarra no local vai facilitar a execução da obra.

A prefeita Dorinha, de Boca do Acre, prometeu apoio para facilitar o andamento das obras. Em contrapartida a construtora vai reservar parte dos empregos para os moradores da cidade que estão desempregados.

O governador Eduardo Braga deve assinar, em solenidade a ser realizada na prefeitura local, a ordem de serviço para o início das obras. A solenidade deve contar também com a presença do ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento.

Segundo fontes oficiais do governo do Amazonas, as obras de construção do Porto de Boca do Acre devem ser adiadas para que os investimentos sejam feitos em obras mais imediatas, como saneamento e energia, no município de Boca do Acre.
"jornalatribuna"

Nenhum comentário: