sábado, 28 de junho de 2008

SILÊNCIO!!! PSIU! PSIU! UTI!


A imagem fala tudo. Como podemos suportar resignado um afronte deste? A nossa língua mater, cada vez mais deturpada. Fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!

sábado, 21 de junho de 2008

COMER MAIS NO CAFÉ DA MANHÃ AJUDA A EMAGRECER, DIZ ESTUDO




Comer mais no café da manhã ajuda a emagrecer, diz estudo

Comer mais de manhã pode reduzir apetite durante o dia
O café da manhã pode ser realmente a principal refeição do dia para aqueles que estão tentando perder peso, segundo um estudo apresentado nesta semana no encontro anual da Sociedade de Endocrinologia, em San Francisco.
O estudo, conduzido por uma pesquisadora do Hospital de Clínicas de Caracas, na Venezuela, em parceria com a Universidade Virginia Commonwealth, nos Estados Unidos, demonstrou que mulheres obesas que comeram metade de suas calorias diárias logo de manhã por vários meses acabaram emagrecendo mais do que aquelas que comeram menos no café da manhã.
A pesquisadora Daniela Jakubowicz, do Hospital de Clínicas de Caracas, disse aos presentes no encontro de San Francisco que comer pouco no café da manhã pode fazer com que a pessoa sinta necessidade de comer mais durante o dia.
Em um estudo com 94 mulheres obesas e pouco ativas, Jakubowicz comparou os resultados alcançados com uma dieta que incluía café da manhã reforçado com os verificados em uma dieta pobre em carboidratos.
A dieta pobre em carboidratos continha 1.085 calorias por dia - a maioria vinda de proteínas e gorduras. Nessa dieta, o café da manhã era a menor refeição do dia - 290 calorias, com apenas sete gramas de carboidratos.
Já a dieta com o café da manhã reforçado tinha mais calorias - 1.240 - com uma proporção menor de gordura e maior de carboidratos e proteínas. Nessa dieta, o café da manhã tinha 610 calorias, enquanto o almoço tinha 395 e o jantar, 235.
Quatro meses depois, as que estavam na dieta baixa em carboidratos pareciam estar perdendo mais peso do que as outras.
No entanto, oito meses depois, no final do estudo, a situação se reverteu, com aquelas na dieta baixa em carboidrato voltando a engordar, enquanto as que comiam a dieta com um café da manhã reforçado continuavam a perder peso.
Ao final, as que comeram a dieta com um café da manhã rico perderam 21,3% de seu peso, enquanto as outras, apenas 4,5%.
Mais saudável ou mais interessante?
De acordo com Jakubowicz, um café da manhã mais rico é mais eficiente em ajudar a perder peso, porque faz com que as pessoas se sintam mais satisfeitas e saudáveis durante o dia, já que inclui mais fibras e frutas.
Alex Johnstone, pesquisadora do Instituto de Pesquisa Rowett, em Aberdeen, disse que outros estudos têm mostrado que dietas baixas em carboidrato podem ser uma "boa ferramenta" para reduzir o peso rapidamente, mas não servem "para a vida toda".
Para ela, o fato de as mulheres nessa dieta terem voltado a engordar na pesquisa pode ser explicado pela monotonia do regime.
"Pode ser que seja simplesmente mais fácil para pessoas que comem uma dieta rica em carboidratos seguir o regime por mais tempo", ela afirmou.
Já uma porta-voz da Fundação Britânica de Nutrição disse que há evidências de que um bom café da manhã pode ajudar quem quer perder peso.
"Isso é provavelmente porque quando não comemos um bom café da manhã temos mais chances de ficar com fome antes do almoço e comer alimentos açucarados e gordurosos, como biscoitos ou bolos", ela disse.

Comer mais de manhã pode reduzir apetite durante o dia
O café da manhã pode ser realmente a principal refeição do dia para aqueles que estão tentando perder peso, segundo um estudo apresentado nesta semana no encontro anual da Sociedade de Endocrinologia, em San Francisco.
O estudo, conduzido por uma pesquisadora do Hospital de Clínicas de Caracas, na Venezuela, em parceria com a Universidade Virginia Commonwealth, nos Estados Unidos, demonstrou que mulheres obesas que comeram metade de suas calorias diárias logo de manhã por vários meses acabaram emagrecendo mais do que aquelas que comeram menos no café da manhã.
A pesquisadora Daniela Jakubowicz, do Hospital de Clínicas de Caracas, disse aos presentes no encontro de San Francisco que comer pouco no café da manhã pode fazer com que a pessoa sinta necessidade de comer mais durante o dia.
Em um estudo com 94 mulheres obesas e pouco ativas, Jakubowicz comparou os resultados alcançados com uma dieta que incluía café da manhã reforçado com os verificados em uma dieta pobre em carboidratos.
A dieta pobre em carboidratos continha 1.085 calorias por dia - a maioria vinda de proteínas e gorduras. Nessa dieta, o café da manhã era a menor refeição do dia - 290 calorias, com apenas sete gramas de carboidratos.
Já a dieta com o café da manhã reforçado tinha mais calorias - 1.240 - com uma proporção menor de gordura e maior de carboidratos e proteínas. Nessa dieta, o café da manhã tinha 610 calorias, enquanto o almoço tinha 395 e o jantar, 235.
Quatro meses depois, as que estavam na dieta baixa em carboidratos pareciam estar perdendo mais peso do que as outras.
No entanto, oito meses depois, no final do estudo, a situação se reverteu, com aquelas na dieta baixa em carboidrato voltando a engordar, enquanto as que comiam a dieta com um café da manhã reforçado continuavam a perder peso.
Ao final, as que comeram a dieta com um café da manhã rico perderam 21,3% de seu peso, enquanto as outras, apenas 4,5%.
Mais saudável ou mais interessante?
De acordo com Jakubowicz, um café da manhã mais rico é mais eficiente em ajudar a perder peso, porque faz com que as pessoas se sintam mais satisfeitas e saudáveis durante o dia, já que inclui mais fibras e frutas.
Alex Johnstone, pesquisadora do Instituto de Pesquisa Rowett, em Aberdeen, disse que outros estudos têm mostrado que dietas baixas em carboidrato podem ser uma "boa ferramenta" para reduzir o peso rapidamente, mas não servem "para a vida toda".
Para ela, o fato de as mulheres nessa dieta terem voltado a engordar na pesquisa pode ser explicado pela monotonia do regime.
"Pode ser que seja simplesmente mais fácil para pessoas que comem uma dieta rica em carboidratos seguir o regime por mais tempo", ela afirmou.
Já uma porta-voz da Fundação Britânica de Nutrição disse que há evidências de que um bom café da manhã pode ajudar quem quer perder peso.
"Isso é provavelmente porque quando não comemos um bom café da manhã temos mais chances de ficar com fome antes do almoço e comer alimentos açucarados e gordurosos, como biscoitos ou bolos", ela disse.
'OESTADODOACRE/BBC BRASIL'

GOVERNO REAJUSTA EM 200% A TAXA DE EXPORTAÇÃO DO BEZERRO




Cezar Negreiros Apesar da reclamação do setor pecuário, o governo do estado aumentou em 200% a taxa da pauta de exportação do bezerro vivo para outros estados da Federação. Esta medida protecionista, segundo os representantes das redes frigoríficas, busca regular o estoque do rebanho destinado ao mercado de gado de corte. Com isso, por cada cabeça de bezerro, os compradores rondonienses e matogrossenses terão que pagar em tributos aproximadamente R$ 40,00 (quarenta reais), anteriormente, o valor desembolsado não passava de R$ 12,00 (doze reais). Num lote de 100 animais, o comprador desembolsará a quantia de R$ 4.000 (quatro mil reais), que corresponde por dez bezerros. “A medida amarga, prejudicará os pequenos produtores que contam com os bezerros com uma alternativa de renda”, comentou o pecuarista Idalcir Dallamaria, superintendente regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar.Segundo ele, esta medida restritiva começará refletir no próximo ano, durante a apartação do rebanho bovino. Sem a participação dos outros compradores de outras praças, os bezerros (desmamados) não terão os preços majorados, por conta da lei da oferta e procura. Com o excedente de bezerros na praça, o preço cairá automaticamente, fazendo com que muitos pecuaristas comercializam as suas matrizes, para não tomar prejuízo com o lote de bezerros. “Espero que a minha análise esteja equivocada, porque o setor amargará com esta medida protecionista”, observou o pecuarista.Estatística - Dados do último censo agrário do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE apontou que 96% dos pecuaristas acreanos têm um rebanho bovino, estimado em torno de 500 cabeças. Somente 4% têm um rebanho que gira em torno de mil a dez mil cabeças, conforme os dados disponibilizados pelos pesquisadores do IBGE.Em contrapartida, uma pesquisa da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Acre – Faeac revelou que 84,4% das propriedades rurais (num universo de 15.700 pecuaristas) o rebanho não passa de 100 animais. Diante dos números, o agrônomo do Senar estima que o rebanho de bezerros ano chegue a casa dos 840 mil animais. Sendo que somente 40% são machos, enquanto o restante, que corresponde por 60% são fêmeas, que regulamenta o rebanho das vacas descartadas, para os matadouros. “Os dados apontaram que não há risco de reposição do rebanho destinado a atividade do gado de corte”, explicou o agrônomo, que comercializa os bezerros, por conta do limite da sua propriedade rural, para o aumento do rebanho. Dallamaria contou ainda que o estado do Acre possui um rebanho estimado em torno de 2,6 milhões de cabeças. O gado criado em propriedades extensivas, representa mais de 90% do rebanho, com uma taxa de natalidade estimada em torno de 70%, que faz com que cada 100 vacas mantidas em pastagem, somente 70 delas dão cria todos os anos.
O restante dos 10% que faz parte do rebanho inseminado, esta taxa de natalidade pula para 90%, fazendo que de cada dez vacas inseminadas, nove dêem cria no ano seguinte. Com o cenário, ele não acredita que o rebanho esteja ameaçado de reposição, porque o gado de corte leva uma média de dois anos para chegar aos currais dos frigoríficos. Decisão acertada No ano passado, segundo o pecuarista Ilson Esquerdo, o bezerro desmamado acreano, custava na praça cerca de R$ 200,00 (duzentos reais). Com a descoberta da cotação do rebanho, os compradores de outras praças (Mato Grosso e Rondônia) inflacionaram o mercado, porque este ano, o bezerro pulou para a casa dos R$ 400,00 (quatrocentos reais). Diante deste desequilibro, por conta da bolha especulativa, o poder público resolveu aumentar a taxa de exportação, que custava R$ 12,00 (doze reais), para R$ 40,00 (quarenta reais). “A medida do governo é elogiável”, destacou Ilson Esquerdo. O pecuarista explicou que a exportação do bezerro acreano para outras praças, prejudicaria a atividade de reposição do rebanho do gado de corte. Ele contou que os pecuaristas que estão com os animais chegando no ponto de serem abatidos, precisarão adquirir novos lotes bezerros, para fazer a reposição do rebanho. Com a bolha de especulação, os criadores tinham prejuízos, porque o bezerro estava mais caro na praça. Esta decisão do governo do estado garantirá a matéria – prima necessária, para o funcionamento das redes frigoríficas que instalaram nos municípios acreanos. Como resultado, geração de mais emprego e renda nos municípios que estão apostando na cadeia produtiva do gado de corte. “Com a venda do bezerro para outras praças (Rondônia e Mato Grosso), os postos de trabalho migraria para estas outras regiões”, observou o pecuarista.Segundo ele, com o aquecimento do setor do gado de corte, por conta das exportações, à cabeça do bezerro com seis arroubas chegou à casa dos R$ 800,00 (oitocentos reais), nos leilões ocorridos na cidade de Dourados no Mato Grosso do Sul. Em contrapartida, o bezerro acreano tem sido ofertado na praça acreana em torno de R$ 450,00 (quatrocentos e cinqüenta reais). Mas o pecuarista destacou que um touro com 18 meses, chega a casa de 18 arroubas. Esta precocidade é somente alcançada pelos criadores de gado confinado, na região Sudeste. “Temos que garantir que o bezerro continue em nossa região”, finalizou o pecuarista.
"JORNAL O RIO BRANCO"

quinta-feira, 19 de junho de 2008

VEJA OS MALES DO CIGARRO SOBRE SEU ORGANISMO

Veja os males do cigarro sobre seu organismo

Você fuma? Então veja os males do cigarro sobre seu organismo e também das pessoas que estão a sua volta cotidianamente.
É do tabaco, erva da família das solanáceas (Nicotiana tabacum) que possui nicotina, que é feito o cigarro.
O cigarro contém uma mistura de cerca de 4.700 substâncias tóxicas. Parte delas é gasosa – incluindo o monóxido de carbono, e algumas são partículas, como o alcatrão, a nicotina e a água.
O alcatrão, além dos radioativos urânio, polônio 210 e carbono 14, concentra 43 substâncias comprovadamente carcinogênicas, ou seja, que provocam o câncer, já que alteram o núcleo das células.
A fumaça do cigarro contém toxinas que produzem irritação nos olhos, nariz e garganta, bem como diminuem a mobilidade dos cílios pulmonares, ocasionando alergia respiratória em fumantes e não-fumantes.
Estes cílios, semelhantes a cabelos muito finos, são projeções da mucosa que ajudam a remover sujeiras e outros detritos do pulmão.
Quando têm seus movimentos paralisados pela exposição à fumaça do cigarro, as secreções acumulam-se, contribuindo para a tosse ou pigarro típico do fumante e para o surgimento de infecções respiratórias, freqüentes em quem tem contato com a fumaça.
A fumaça do cigarro é também constituída por monóxido de carbono (CO), cuja concentração no sangue circulante de quem fuma aumenta rapidamente pela manhã, continua a subir durante o dia e decresce à noite.
Aproximadamente, 3 a 6% da fumaça do cigarro são compostos por monóxido de carbono. Quando inalado, o monóxido de carbono atinge os pulmões e dali segue para o sangue, reduzindo sua capacidade de carregar oxigênio.
Em conseqüência, as células deixam de respirar e produzir energia, o que faz com que o fumante tenha o fôlego prejudicado e fique exposto ao risco de doenças cardiovasculares e respiratórias.
Além de venenoso em altas concentrações, o CO está implicado em muitas doenças associadas ao fumo, inclusive nos efeitos danosos sobre o desenvolvimento do feto das grávidas tabagistas.
A nicotina, outra das substâncias encontradas no cigarro, diminui a capacidade de circulação sangüínea, aumenta a deposição de gordura nas paredes dos vasos e sobrecarrega o coração, podendo levar ao infarto do miocárdio e ao câncer, mas seu papel mais importante é reforçar e potencializar a vontade de fumar.
Ela atua da mesma forma que a cocaína, o álcool e a morfina, causando dependência e obrigando o fumante a usar continuamente o cigarro. Em altas concentrações, é também venenosa.
Perdas - Pesquisas evidenciam as perdas econômicas causadas pelo cigarro em fumantes e não-fumantes, tais como: faltas ao trabalho; queda de produtividade; aposentadorias precoces; mortes prematuras; custos com a manutenção de imóveis, aparelhagens, móveis, tapetes, cortinas, etc. danificados; incêndios rurais e urbanos; acidentes de trabalho e, acidentes de trânsito.
Ressalte-se que a totalidade dos gastos sociais decorrentes do tabagismo supera em muito a arrecadação de impostos que ele proporciona: o câncer, segunda causa de morte por doença no país, é responsável por grandes gastos com tratamentos e internações hospitalares, uma vez que 90% dos cânceres de pulmão e 30% de todos os outros tipos de câncer são devidos ao tabagismo.
As doenças cardiovasculares, primeira causa de morte no país, bem como a bronquite crônica e o enfisema, estão diretamente relacionadas ao uso de tabaco e geram importantes gastos na área da saúde.
Apenas estes dois exemplos nos dão a dimensão das perdas econômicas geradas pelo tabagismo, aliados à queda na qualidade de vida do trabalhador.
Paralelamente, ainda existem os gastos economicamente não mensuráveis, como a dor, o sofrimento pessoal e familiar dos vitimados - nem sempre considerados.

Não-fumantes - Os fumantes não são os únicos expostos aos males do cigarro.
Também os não-fumantes são atingidos, já que passam a ser fumantes passivos.
Onde quer que alguém esteja fumando, são encontradas partículas da fumaça do cigarro, principalmente em locais fechados, residenciais ou públicos.
Rapidamente, as concentrações das substâncias tóxicas da fumaça excedem os níveis considerados padrões para a qualidade do ar ambiente.
O cigarro é considerado pela Organização Mundial da Saúde – OMS – como o maior agente de poluição doméstica e ambiental, tendo em vista que as pessoas passam 80% de seu tempo diário em locais fechados, tais como os de trabalho, residência e lazer.
Atualmente, por todo o mundo, cada vez mais as autoridades governamentais têm estabelecido regulamentos e leis de proteção aos não-fumantes; além disso, há crescente aumento da conscientização dos indivíduos sobre a qualidade do ar que respiram, não só em casa, como nos ambientes de trabalho e locais públicos.
Também no Brasil, progressivamente, surgem leis em nível estadual e municipal preservando os direitos dos não-fumantes, o que mostra avanço na conscientização das autoridades no que tange à poluição tabágica ambiental.
A qualidade do ar que respiramos é fundamental para nossa saúde, bem como para o bom desempenho de nossas funções cotidianas.
A permanência em um ambiente poluído com nicotina faz com que absorvamos substâncias em concentrações semelhantes às de quem fuma. Tal comprovação é realizada através da medição da cotitina, principal produto da decomposição da nicotina - substância que pode ser encontrada no sangue e na urina dos não-fumantes que moram, convivem ou trabalham com fumantes.
No Brasil, estima-se, anualmente, a morte precoce de 80 mil pessoas em virtude do tabagismo, número esse que vem aumentando ano a ano. Em outras palavras, cerca de 10 brasileiros morrem por hora por causa do cigarro, sendo o câncer a principal causa de morte.

Gravidez - Fumar durante a gravidez acarreta sérios riscos tanto para o bebê quanto para a mãe. Abortos espontâneos, nascimentos prematuros, bebês de baixo peso, mortes fetais e de recém-nascidos, complicações com a placenta e hemorragias ocorrem mais freqüentemente quando a mulher grávida fuma.
Tais agravos são devidos, principalmente, aos efeitos do monóxido de carbono e da nicotina sobre o feto, após sua absorção pelo organismo materno.
Um único cigarro fumado por uma gestante é capaz de acelerar, em poucos minutos, os batimentos cardíacos do feto, pelo efeito da nicotina em seu aparelho cardiovascular.
Portanto, é fácil imaginar a extensão dos danos causados ao feto em virtude do tabagismo da mãe gestante.
Analiticamente, a relação do poder aquisitivo com o consumo de cigarros mostra que há menor consumo nas classes de maior rendimento familiar.
Contraditoriamente, a população de menor renda - e que costuma ter a saúde mais frágil – é a que mais gasta com cigarro, em detrimento de itens prioritários como, por exemplo, a alimentação.
Em grande parte, essa diferença é causada pela maior desinformação das classes economicamente mais pobres.
É importante notar que este maior consumo de tabaco, somado a condições como desnutrição, doenças infecciosas e do trabalho, leva a um adoecimento mais freqüente e agravado.
Convém lembrar, ainda, que os ambientes confinados das pequenas moradias favorece sobremaneira a inalação passiva das substâncias tóxicas por crianças, gestantes e doentes.
"unisite.com.br"

APRENDA TRUQUES PARA FAZER BUSCA NO GOOGLE






tabela_dicas_busca_google_a.jpg Praticamente todo usuário de internet, inclusive você, já se deparou com essa situação: ao procurar mais informações sobre um determinado assunto na web, entrou em um site de buscas, escreveu algo naquela tradicional janelinha e... não encontrou o que gostaria. Pois isso acaba hoje: sempre adorei as facetas do Google para busca avançadas e vou compartilhá-las com você agora, dividindo as dicas nas categorias "básica", "avançada" e "números".

Opções básicas
O Google não diferencia letras maiúsculas, minúsculas ou acentuação. Para o programa, coração é a mesma coisa que coracao ou CoRaÇÃo.

1) Busca simples
Você pode fazer uma busca com uma ou mais palavras: quando elas são separadas por um espaço, o sistema procura uma E também a outra. Exemplo: Ayrton Senna. Como resultado, o programa vai trazer todo os sites que tenham as palavras Ayrton E Senna, mesmo se elas estiverem separadas no texto.

2) Frase exata
Colocando as duas palavras entre aspas, a busca será efetuada com todas as palavras, na ordem em que foram escritas. Exemplo: "Ayrton Senna". O resultado irá apresentar todos os sites nos quais a palavra Ayrton é obrigatoriamente seguida pela palavra Senna.

3) Excluindo uma palavra
É possível fazer isso colocando um sinal de menos (-) na frente da palavra que deseja excluir. Exemplo: "Ayrton Senna" -Prost. O resultado vai apresentar sites que tenham "Ayrton Senna", nesta ordem, e não contenham a palavra Prost.

4) Encontrando sinônimos
Coloque um sinal de til (~) na frente da palavra que deseja procurar; assim, a ferramenta exibirá seus sinônimos. Exemplo: "Ayrton Senna" ~espetacular.

Opções avançadas

internet_computador_pesquisa_a.jpg1) Busca no título da página
Para buscar o título da página, esse que aparece lá no topo da janela, escreva o termo intitle:, seguido da expressão que quer encontrar. Exemplo: intitle:"Ayrton Senna". O resultado irá apresentar as páginas que contenham a expressão "Ayrton Senna" no titulo, e não necessariamente no corpo da página. Use allintitle: para buscar por todas as palavras e expressões no título.

2) Procurar em um site específico
Você pode procurar dentro de um site específico, usando o termo "site:" acrescido da URL básica do site. Exemplo: "Ayrton Senna" site:globo.com. O resultado irá apresentar todos os registros da expressão "Ayrton Senna" em todos os sites da globo.com.

3) Todas as palavras no texto da página
Quando você quiser garantir que todas as palavras estão no texto da página (não em links, titulo e etc), use allintext:. Exemplo: allintext: "Ayrton Senna". O resultado irá apresentar apenas sites em que a expressão "Ayrton Senna" esteja no corpo do texto.

4) Busca por intervalo entre números
Se você está procurando um produto e quer apenas os resultados de busca entre duas faixas de preço, use valor 1..valor 2Exemplo: "Câmera digital" 500..1.000. O resultado conterá sites com a expressão "câmera digital" e números inteiros entre 500 e 1.000.

5) Buscar excluindo conteúdo adulto
Seu filho precisa fazer um trabalho de escola e vai procurar termos como "sexo" e "camisinha"? O risco de ele encontrar um site com conteúdo adulto nesse caso é muito grande. Para diminuir o risco dele ver algo que não deveria, clique aqui e configure essa opção em seu navegador.

6) Busca por tipos específicos de arquivos
Pode ser que alguma vez seja necessário encontrar um arquivo com uma extensão específica, como um arquivo PDF de um manual que você perdeu. Para isso, Use o termo filetype: ou ext: acrescido da extensão que você quer. Exemplo: "manual Celta" ext:PDF. O resultado irá apresentar apenas documentos PDF com o a expressão "manual Celta" em seu conteúdo.

NÚMEROS
Também é possível brincar com as buscas do Google fazendo cálculos matemáticos, conversão de moedas, etc, etc e etc. Vamos lá!

1) Operações matemáticas
Soma: número + número
Subtração: número - número
Multiplicação: número * número
Divisão: número / número
Clique aqui para ver a lista completa de operações.

2) Operações de conversão de moeda
Você precisa saber quanto vale US$ 100 em euros? Simples: escreva o valor, a moeda de origem, a palavra in e a moeda final. Exemplo: 100 USD in euros. Uma observação importante:se o google aparece em português para você, use no lugar de IN a opção EM: 200 USD em euros.

Ufa! Não pense que chegamos ao fim. Ainda existe uma vasta gama de opções de busca para o Google, mas agora jogo a bola para você, leitor. Quer descobrir outras facetas? Use aquelas explicadas neste post para encontrar novas funcionalidades e dividi-las com outras pessoas.

Para terminar, você pode combinar as opções que apresentei para refinar ainda mais suas buscas. A intenção do Google com isso é qualificar o resultado das buscas: não adianta encontrar 100 mil páginas que não lhe servem. Encontrar dez, sendo que destas metade lhe serve muito bem é o que importa, certo?
"Ecos da Noticia"

SAIBA COMO GARANTIR VIDA LONGA AOS PNEUS DO SEU CARRO

Manutenção é fundamental para a segurança e ajuda na economia de combustível.
Calibragem constante é o cuidado mais importante com o pneu.


Priscila Dal Poggetto

Toda a tecnologia implantada no desenvolvimento de um pneu pode ser comprometida se ele não for calibrado. Se as condições de pressão não forem adequadas, além de comprometer a segurança do veículo - a estabilidade diminui e o condutor perde a capacidade de manejo - o carro consumirá mais combustível. Por isso, é muito importante a manutenção constante dos pneus.

pneu_carro_cuidados_a.jpg "Se o carro roda com 30 libras, e você deixa com 20% a menos, na cidade pode nem perceber, mas na estrada faz uma enorme diferença. Aqueles 3% de economia de combustível que se consegue com o desenvolvimento de pneus com baixa resistência ao rolamento se perdem. Além disso, o pneu perde até 30% de vida útil e a segurança fica comprometida", afirma o gerente de marketing de produto de pneus de passeio e caminhonete da Michelin América do Sul, Renato Silva.

A recomendação dos especialistas é que a calibragem seja feita a cada quinze dias, inclusive do estepe. O ideal é calibrar o pneu quando ele estiver frio. "Pode parecer exagero, mas é muito importante a manutenção da pressão. Vários fatores podem causar a perda de pressão, como furos, um prego que ficou no furo, uma válvula que não funciona direito, uma roda amassada etc. Isso compromete a performance do pneu", destaca o diretor de pesquisa e desenvolvimento da Pirelli, Roberto Falkenstein.

Sobre o nível de pressão, Falkenstein ressalta que se deve seguir as recomendações especificadas no manual do carro. "Essa calibragem ideal é buscada em testes e é a que permite obter o melhor equilíbrio", afirma o diretor da Pirelli.

O excesso de pressão também é prejudicial. O pneu tem contato com o solo apenas por meio da parte central da banda de rodagem e se desgasta com muito mais rapidez. As distâncias de frenagem também são maiores.
"Ecos da Notícia"

terça-feira, 17 de junho de 2008

DESPORTISTA É VÍTIMA FATAL EM ACIDENTE DE TRÂNSITO



Francisco Castro transportava um time de futebol quando tombou o carro na estrada de Porto Acre

Um grave acidente de trânsito com vítima fatal foi registrado na tarde de sábado, 14, por volta das 15h 30 na altura do km 02 da estrada de Porto Acre. O veículo Saveiro, MZS-8021, dirigido pelo desportista Francisco Raimundo de Castro, 37, mais conhecido pelo apelido de "Dinho" que trafegava sentido Porto Acre após tentar desviar de uma Van que fazia o sentido oposto perdeu o controle e bateu em um poste.Cerca de dez pessoas, parte de um time de futebol que viajavam na carroceria do veículo ficaram feridas. Entre as vítimas uma criança de sete anos.
O motorista Francisco Raimundo ficou preso às ferragens do carro e quando foi resgatado já estava sem vida.Segundo testemunhas do acidente cerca de cinco pessoas caíram em uma ribanceira e ficaram feridas, outras caíram em um poço de águas rasas e conseguiram sobreviver com ferimentos leves.Duas pessoas entre as demais que foram encaminhadas ao Pronto Socorro de Rio Branco apresentavam estado grave.
(Jornal O RIO BRANCO)

sexta-feira, 13 de junho de 2008

RESTITUIÇÃO DO IR 2008 SERÁ NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA.





No próximo dia 16, a Receita Federal do Brasil pagará o 1º lote de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física, exercício 2008, cuja consulta já está disponível no site www.receita.fazenda.gov.br, desde segunda-feira (9/06). Na 2ª região fiscal, que engloba os estados do Pará, Amapá, Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima, 52.962 contribuintes vão receber a cifra de R$ 81.939.732,22, o que renderá em média uma restituição no valor de R$ 1.547,14. No primeiro lote do IR de 2007, apenas 29.564 contribuintes receberam o imposto de volta, cujo valor total atingiu o patamar de R$ 36.607.774,22. O valor médio da restituição ficou em R$ 1.238,26. Os contribuintes amparados pelo Estatuto do Idoso e que não apresentaram pendências em suas declarações representam cerca de 70% da composição do lote. Os outros 30% são de contribuintes que acertaram suas contas com o fisco federal logo nos primeiros dias da entrega do documento. O montante a ser pago encontra-se acrescido de 1,88%, correspondente à variação da taxa do SELIC do mês de maio/2008 e de mais 1% referente ao mês de junho/2008. Esse valor não sofrerá mais qualquer acréscimo, independentemente da data em que o contribuinte receba a sua restituição.Quem não informou o número da conta para crédito da restituição deverá se dirigir a uma das agências do Banco do Brasil, ou ligar para qualquer agência do BB ou para o "BB responde 4004-0001 nas capitais ou 0800-729-0001 nas demais localidades" (ligação gratuita), para agendar o crédito em conta-corrente ou de poupança em seu nome, em qualquer banco. A restituição ficará disponível no banco por um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la mediante o Formulário Eletrônico (Pedido de Pagamento de Restituição), disponível na internet. Caso o contribuinte não concorde com o valor da restituição, poderá receber a importância disponível no banco e reclamar a diferença na unidade local da Receita.Composição do lote por estados.A participação dos seis estados da 2ª RF, quanto à quantidade de restituições, ficou assim: Pará 46,12%, Amazonas 22,01%, Rondônia 11,57%, Amapá 9,33%, Acre 7,51 % e Roraima 3,46%.Já com relação ao valor das restituições, a participação ficou como se segue: Pará 48,14%, Amazonas 22,83%, Amapá 10,74%, Rondônia 9,48%, Acre 6,64% e Roraima 2,17%.Cronograma de restituições do IRPF 2008Os próximos lotes serão pagos nas seguintes datas: 3º lote 15/07; 4º lote 15/08; 5º lote 15/10; 6º lote 17/11 e o 7º lote em 15/12.
Ecos da Notícia 14/06/08.

CONHEÇA O SANTO CASAMENTEIRO


Seu nome de batismo era Fernando, mas foi como Antônio de Coimbra ou Antônio de Pádua, como alguns preferem chamá-lo, que Santo Antônio ganhou popularidade entre católicos de todo o mundo. O frade, que nasceu em Lisboa em 1195 e faleceu na Itália aos 36 anos, foi canonizado um ano depois de morrer e tem seu dia comemorado nesta sexta-feira (13).Segundo o padre Gustavo Haas, assessor de liturgia da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Santo Antônio começou sua trajetória religiosa na Congregação dos Cônegos Regulares de Santo Agostinho, em Lisboa, mas em pouco tempo se sensibilizou com a causa franciscana e decidiu se tornar missionário. Ao entrar na Congregação dos Franciscanos, onde recebeu o nome de Antônio de Coimbra, o frade foi pregar o evangelho na África, mas por motivo de doença teve que retornar. Um problema no navio em que estava obrigou Santo Antônio a ficar na Itália, país onde conheceu São Francisco de Assis. Santo Antônio então dedicou sua vida religiosa a pregar para os humildes na Europa e seus sermões ficaram conhecidos pela simplicidade e clareza. “Santo Antônio se destacou por ser um ótimo pregador. Sua capacidade de falar de forma simples, diretamente para o povo, o fez ganhar popularidade”, afirma Haas. Ainda de acordo com Haas, entre as principais características do santo estão a luta pela justiça e a valorização dos mais humildes. Por ter morrido na cidade de Pádua, na Itália, por complicações da mesma doença que o obrigou a deixar a África, Santo Antônio também é conhecido como Santo Antônio de Pádua. “Ainda hoje portugueses e italianos discordam sobre o fato de Santo Antônio ser um santo português ou italiano. Por isso as duas nomenclaturas são utilizadas”, diz.
Santo casamenteiro
Apesar de não ter em seus sermões nada específico sobre casamentos, Santo Antônio ficou conhecido como o santo que ajuda mulheres a encontrarem um marido. Segundo Haas, a fama ganhou popularidade porque, em uma sociedade onde as mulheres eram, em geral, marginalizadas, Santo Antônio ajudava moças humildes a conseguirem um dote e um enxoval para poderem se casar. Seu dia é comemorado em 13 de junho, mas algumas paróquias comemoram o dia de Santo Antônio no dia 13 de todos os meses."Além de missas e de festejos populares que acontecem pelo país, é comum a realização de trezenas, em vez de novenas, por Santo Antônio”, afirma Haas. Uma trezena corresponde a 13 dias de oração, que geralmente começa em 1º de junho. “Depois de Nossa Senhora, Santo Antônio é, sem dúvida, o santo mais popular, do Norte ao Sul do país. Dia 13 não é dia de azar, é dia de Santo Antônio”, diz.
PORTAL DE NOTÍCIAS G1.

quinta-feira, 12 de junho de 2008

COMO FUNCIONA A SEXTA-FEIRA 13


Vamos encarar os fatos com objetividade, somente por um segundo:
com o objetivo de organizar o tempo, os seres humanos criaram calendários;
como parte do sistema de calendário dominante que conhecemos hoje, cada ano é dividido em 12 períodos chamados de meses, consistindo de mais ou menos 30 dias cada;
os dias também são agrupados de sete em sete e estes grupos são chamados de semanas;
no mundo ocidental, uma parte significante da população acredita que coisas ruins acontecem sempre que o dia 13 cai em uma sexta-feira.
Da mesma forma que muitas crenças, o medo da sexta-feira 13 (em inglês, conhecido como paraskavedekatriaphobia) não possui bases científicas. No entanto, o que é realmente estranho é que a maioria das pessoas que acredita que este é um dia de má sorte, não dá nenhuma explicação, lógica ou ilógica. Assim como a maioria das superstiçõeO medo da sexta-feira 13 resulta de dois medos separados, o medo do número 13 e o medo das sextas-feiras. Ambos têm origem na cultura ocidental, particularmente na teologia cristã.
O treze é importante para os cristãos porque é o número total das pessoas que estavam presentes na Santa Ceia (Jesus e seus 12 apóstolos). Judas, o apóstolo que traiu Jesus, foi o 13º a chegar na festa.
Os cristãos ficam com um pé atrás em relação às sextas-feiras porque Jesus foi crucificado em uma sexta. Além disso, alguns teólogos dizem que Adão e Eva comeram o fruto proibido em uma sexta-feira e que o Dilúvio também começou em uma sexta-feira. No passado, muitos cristãos jamais começariam um projeto ou uma viagem em uma sexta-feira, com medo de dar tudo errado desde o início.
Marinheiros são bem supersticiosos com relação a isso. Eles normalmente se recusam a ir pro mar em uma sexta-feira. Existe uma lenda que diz que, no século XIX, a Marinha Britânica encarregou um navio chamado de H.M.S. Friday (Navio de Sua Majestade Sexta-feira) com o intuito de acabar com a superstição. A marinha escolheu a tripulação em um sexta-feira, lançou o navio em uma sexta-feira e até escolheu um homem chamado James Friday (James sexta-feira) para ser o capitão. Em seguida, em uma manhã de sexta-feira, o navio saiu em sua viagem de estréia... e desapareceu para sempre.
Alguns historiadores dizem que a desconfiança dos cristãos com relação às sextas-feiras está, na verdade, ligada à antiga opressão da Igreja Católica a religiões e mulheres pagãs. No calendário romano, a sexta-feira era dedicada a Vênus, a deusa do amor. Quando os escandinavos adaptaram o calendário, deram o nome à sexta-feira (Friday) em homenagem a Frigg, ou Freya, deusa escandinava ligada ao amor e ao sexo. Estas duas fortes personalidades femininas já representaram uma ameaça ao cristianismo dominado por homens, teoricamente, e a igreja cristã difamou o dia que tinha o nome em homenagem a elas.
Isso também deve ter influenciado no medo do número 13. Dizia-se que Frigg sempre participava de encontros de bruxas, normalmente um grupo de 12, completando 13 participantes. Esta idéia pode ter sido criada pela própria Igreja Católica, mas é impossível checar as origens exatas da maioria dos fatos folclóricos. Uma lenda cristã parecida diz que 13 é mal visto porque significa o encontro de 12 bruxas com o diabo.
O número 13 também pode ter sido considerado pagão porque existem 13 meses no calendário lunar pagão. O calendário lunar também corresponde ao ciclo menstrual humano, conectando o número à feminilidades, as pessoas simplesmente temem a sexta-feira 13, sem necessidade de explicação.
Porém, a superstição tem raízes profundas e convincentes, e as origens ajudam a explicar por que essa crença é tão difundida. Neste artigo, vamos dar uma olhada em algumas histórias interessantes que estão por trás destes dias tão sem sorte.
Sem medo?Talvez você não tome precauções de segurança toda sexta-feira 13, mas você está totalmente imune à superstição? Se pudesse escolher, você se casaria, começaria um novo trabalho ou compraria uma casa em uma sexta-feira 13? A maioria dos americanos não o faria, mesmo não dando muito importância para isso. Superstições dão um jeitinho de influenciar as pessoas quando elas se encontram vulneráveis emocionalmente.
(HSW) HowStuffWord - Sociedade e Cultura.

quarta-feira, 11 de junho de 2008

ÕMEGA3 É BOM PARA VISTA CANSADA!


Ômega-3 é bom para vista cansada
Incidência de degeneração macular sofre redução de até um terço
Comer alimentos ricos em ômega-3, como peixes oleosos, pode ajudar a evitar uma das causas mais comuns da perda de visão, segundo um estudo divulgado na publicação científica Archives of Ophthalmology.
O estudo sugere que o ômega-3 pode reduzir em um terço o risco de desenvolver uma doença conhecida como degeneração macular relacionada à idade (DMRI), na qual ocorre um crescimento anormal dos vasos sanguíneos sob a retina.
A mácula é afetada e o resultado é a queda súbita ou progressiva da visão central. Pessoas com o problema, geralmente acima dos 60 anos, perdem a habilidade de ver em detalhe e, em casos severos, podem ser consideradas como cegas, apesar de preservarem uma visão periférica.
O estudo, da Universidade de Melbourne, analisou o resultado de nove pesquisas prévias sobre o ácido graxo ômega-3 e a DMRI, envolvendo um total de 88.974 participantes – mais de 3 mil dos quais portadores da doença. Os especialistas consideram que a inclusão dos resultados de diferentes estudos dá mais força estatística às conclusões.
Menos risco
Segundo a análise, comer peixe duas vezes por semana foi associado a uma redução no risco de se contrair DMRI. Uma diminuição de 38% no risco foi verificada nos que comiam mais ômega-3, em comparação aos que comiam menor quantidade.
A pesquisadora Elaine Chong, que liderou a pesquisa, disse que o ômega-3 é um componente vital da retina. Por isso, segundo Elaine, é possível que uma falta do ácido graxo possa desencadear a doença, já que as células da retina são constantemente renovadas.
Apesar de essa análise dos estudos sugerir que o consumo de peixes e outros alimentos ricos em ômega-3 pode estar associado a um menor risco de desenvolver DMRI, a pesquisadora atenta para o fato de que não há evidência suficiente para nos recomendar o consumo de ômega-3 como única forma de prevenir a doença.
Segundo os cientistas, as pesquisas analisadas não foram feitas com o objetivo de oferecer provas sólidas que sustentem uma recomendação desse tipo.
(Jornal do Brasil 11.06.08)

terça-feira, 10 de junho de 2008

MATANDO NOSSA LÍNGUA


Há os analfabetos, semi-analfabetos e os preguiçosos. Mas quando se trata de escrever, temos que observar qual o tipo de delito foi cometido. Neste caso, somente deve-se procurar qual artigo foi infrigido, e aplicar a pena. Se temos um grande número de analfabetos em nosso país, podemos debitar boa parte aos semi-analfabetos!Isto posto, deve-se aos erros gritantes que existem por aí. Encontramos nos mais diversos tipos de letreiros, tornando-se um elo entre os analfabetos e os semi-analfabetos. Quando a grafia da palavra é desconhecida, temos a grande máxima em jogo "a primeira imagem é a que fica", fica gravada no ( disco rígido) do cérebro, e sempre será lembrada no ato de por em prática. Caro leitor, não fique estarrecido com a foto do texto, pois no nosso cotidiano, é comum vermos erros dos mais variados tipos, e por não conhecermos, eles serão computados no (disco rígido), i quandu nóis vamus iscrever, tacamus us errus pruzotos leri i iscrever novamente erradu, virandu um á bola di nevi de grafia imperfeita.

SE O SEU COPO D'ÁGUA FALASSE


Oceano Mare
Imagine só: a água que você bebe hoje é a mesma que os dinossauros bebiam 65 milhões de anos atrás. Que é a mesma que bebiam os animais que vieram antes dos dinossauros. Que é mesma na qual nadam hoje as baleias-azuis e na qual Colombo navegou para descobrir a América.
O planeta Terra – que, na verdade, deveria ser chamado Água – tem uma quantidade fixa de água desde a sua formação. A maior parte (97,5%) está nos oceanos: algo em torno de 1,3 bilhão de quilômetros cúbicos de água. O que resta está congelado nas calotas polares, dissolvido na atmosfera como vapor, escondido debaixo da terra ou passeando entre rios e lagos na superfície.
No fim das contas, acredite se quiser, apenas 1% da água do planeta está disponível de fato para o consumo humano. Por isso é bom cuidarmos dela bem direitinho. E vou te contar uma coisa: essa água toda é antiga, muito antiga. Já rodou o mundo, e pode ter passado por lugares que você nem imagina (mas vai imaginar agora, se eu tiver um mínimo de competência para escrever esse artigo).
Praticamente toda a água que você vê por aí foi formada mais ou menos 4 bilhões de anos atrás, quando a Terra era ainda pouco mais do que um bebê chorão. Sem me aprofundar muito na geologia e na astronomia, nosso querido planeta rochoso foi formado uns 4,5 bilhões de anos atrás, a partir de um aglomerado de pedaços de pedra e gelo que estavam circulando em torno do Sol. A bola foi crescendo, crescendo, até que virou planeta.
No meio dessa maçaroca toda, já estava a água. Só que congelada. Com o tempo, por meio de uma série de processos geológicos, essa água foi expelida por vulcões do interior da Terra para a atmosfera, na forma de vapor. Com mais um pouco de tempo, e mais alguns truques de química e física atmosférica, o vapor virou chuva, e o que era terra virou mar.
Hoje temos um ciclo hidrológico fechado: a água do mar evapora, vira chuva no continente, escorre de volta para o mar e vira chuva de novo (de uma forma bem simplificada, é claro). Mas é tudo a mesma água de 4 bilhões de anos atrás! Não existe “nova água” sendo produzida, a não por uma pitada aqui ou ali que continua a sair bela boca dos vulcões.
Por isso, a mesma molécula de água que você bebe hoje pode já ter passado pelo estômago de um dinossauro. Pode já ter estado dentro da célula de uma minhoca, ou mesmo de algum antepassado seu. Pode já ter sido chuva no Saara. Pode já ter sido bebida de homens pré-históricos ou água benta na mãos do papa. Certamente, ao longo de bilhões de anos, já correu pelas profundezas do oceano e voltou mais de uma vez.
Na semana passada, celebrou-se o Dia Mundial da Água. O grande problema de escassez que enfrentamos hoje não decorre da falta de água, propriamente dita, mas do mau uso que fazemos dela. Quando um lençol freático seca, a água que estava ali não deixou de existir, ela foi consumida, poluída e jogada em algum outro lugar que não nos serve mais. O Rio Tietê continua cheio de água, e até transborda quando chove, mas quem é que vai querer beber?
Mesmo essa água imunda do Tietê vai acabar no mar, que, com o tempo, vai limpá-la e mandá-la de voltar para nós na forma de chuva. Quem sabe fazemos um melhor uso dela da próxima vez?“A natureza manda água limpa para nós todos os dias, em quantidades bastante generosas. Nós é que não sabemos usá-la”, diz o professor Eneas Salati, da Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável
Pense nisso a próxima vez que beber um copo d’água.
FUNVERDE.