segunda-feira, 4 de agosto de 2008


Seguiam por uma estrada dois potros e um cavalo velho. Chegaram a uma encruzijlhada. Tinham ouvido dizer que dos dois caminhos que dali partiam um era excelente e o outro levava a perigosos atoleiros. Os dois potros começaram a teimar: um achava que o caminho da direita era bom, o outro achava que era o da esquerda. A um tempo, fatigados da teima, voltaram-se para o cavalo velho e indagaram: -Que nos aconselha o senhor ? O interpelado replicou: -Siga cada qual o rumo que julga certo. Eu esperarei aqui.Os potros partiram a galope em direções contrárias. Meia hora depois, o da esquerda regressava, anunciando ao cavalo velho:-Este é o caminho dos atoleiros. -Então amigo sigamos pelo outro, tornou o prudente animal. E, por ele afora foi dizendo : -Esperei ali, porque sabia que um dos dois estava enganado e tinha de voltar. Na vida, a gente deve contar mais com os que erram do que com os que acertam.
"SIBUSCA"

Nenhum comentário: