terça-feira, 26 de agosto de 2008

CASAL ENCONTRADO MORTO NA ESTRADA AC 10


Populares que passavam no início da manhã de ontem à altura do km 10, da Rodovia Ac, que liga a capital ao município de Porto Acre, depararam com os cadáveres de um homem e uma mulher que estavam próximo à uma motocicleta a cerca de dois metros da pista.Os corpos foram identificados como sendo do matogrossense Valdomilson Alves Garcia(40) e da funcionária pública Everlenes Pessoa de Lima(32). Eles morreram quando a motocicleta dirigida por Garcia saiu da pista em alta velocidade.Peritos da Polícia Técnica, que estiveram no local, disseram acreditar que o acidente tenha ocorrido durante a noite de domingo e, devido a escuridão reinante na área ninguém viu os corpos. Everlene ainda teria tentado pedir ajuda, já que no seu telefone foram encontradas várias ligações para o SAMU e CIOSP. ACIDENTEÁs informações a respeito do acidente, praticamente não existiam, já que parentes das vítimas pouco sabiam a respeito. Waldomilson Garcia dirigia a motocicleta Titan Fan placa MZV 2617 e seguramente desenvolvia alta velocidade quando à altura do km 13, perdeu o controle do veículo.Às marcas deixadas na lateral da pista provam que eles foram arrastados cerca de 30 metros e ficaram bem próximos à motocicleta. Ambostiverma várias fraturas e tiveram traumatismo craniano, o que causou o duplo óbito. Os corpos foram encontrados por moradores da região às 6 horas de ontem.TRISTEZAPeritos da Policia Técnica ficaram tristes quando perceberam que pelo menos Everlenes poderia ter sido salva, pois as chamadas para os serviços de emergências no seu celular provam que ela sobreviveu e tentou buscar ajuda. Certamente a falta de cobertura de celular na área fez com que os pedidos não chegassem ao local de destino.Quando a morte do casal foi anunciada, familiares das duas vitimas descobriram o que até então pouca gente sabia. Valdomilson era casado, e vinha mantendo um relacionamento amoroso com Avelene. A informação foi confirmada pelo irmão da mulher, Euzi Lemos, preferiu não entrar em detalhes.

Nenhum comentário: