terça-feira, 15 de julho de 2008

TIÃO VIANA APÓIA PLEBISCITO SOBRE FUSO


O senador Tião Viana (PT) participou de uma reunião na tarde de ontem com alguns representantes de sindicatos, e a pauta do encontro foi a mudança de horário no Estado. O assunto vem sendo discutido entre várias categorias de trabalhadores desde maio deste ano, mês que foi sancionada uma lei de autoria do senador, que reduziu em uma hora o fuso horário. Os participantes expuseram suas opiniões sobre a redução do fuso do Acre, alguns se declararam a favor, outros contra. Depois que todos proferiram opiniões sobre o tema, Tião Viana declarou que vai estudar a possibilidade de apresentar um decreto legislativo pedindo para a realização de um plebiscito, assim a população teria a possibilidade de escolher sobre a mudança.De acordo com informações divulgadas pela assessoria do senador, o plebiscito não teria sido realizado entre os moradores do Acre porque durante os três anos em que o projeto tramitava, em momento algum, houve qualquer tipo de posição contrária por parte da sociedade civil. O senador declarou durante a reunião que analisará a proposta de apresentar uma defesa do decreto legislativo e, caso seja aprovado pelos senadores, assim possa opinar sobre essa mudança de fuso. O senador assegurou que tudo será feito no tempo correto. Ele assegurou durante a reunião que tem convicção de que seu projeto traz beneficio ao Estado.Outra reunião será marcada para debater o tema, pois ainda existem opiniões divergentes. A idéia é que o debate reduza as duvidas da população, assim, se houver um plebiscito, quem mora no Acre poderá ter firmeza em suas decisões e estará apto a dizer, por meio do voto, se a mudança de horário traz benefícios ou prejuízos para o Estado.Vice-presidente do Senado, Tião Viana demonstrou interesse de participar de todos os debates acerca do tema. Tião informa que defenderá quantas vezes for necessário o seu projeto, mas garantiu que, mesmo com seu posicionamento declarado, sempre vai respeitar e ouvir a opinião de todos aqueles que estiverem dispostos a discutir o assunto. (Nayanne Santana)

"jornal A Tribuna-AC"

Nenhum comentário: