terça-feira, 15 de julho de 2008

PACIENTE CAI DE MACA NO PRONTO-SOCORRO E MORRE DE TRAUMATISMO


Um acidente pode custar caro ao governo do Estado. Na noite de domingo, na área de atendimento do pronto-socorro do Hospital de Base, ocorreu a morte do mototaxista pirangueiro Francisco Chagas Alencar do Nascimento (43). No dia, ele estava comemorando aniversário.

O paciente entrou no hospital com escoriações nos cotovelos e nas pernas pelo fato de ter caído sozinho de uma moto e, quando estava sendo medicado, caiu de uma maca.

Na queda, o trabalhador bateu com a cabeça na base de aço de um suposte de frascos de soros e sofreu traumatismo craniano, o que ocasionou sua morte horas mais tarde. No boletim de atendimento, o médico de plantão, usando de grande censo profissional e de responsabilidade, colocou que o paciente morreu pelo fato de ter caído da maca.

COMO OCORREU
No domingo, Francisco Chagas, separado da família, estava completando 43 anos e resolveu comemorar com um dos filhos e demais familiares que residem na Vila Custódio Freire, na BR-364. Permaneceu no local até às 20h quando resolveu retornar para casa.

Quando passava pelo trevo da BR-364, Estrada Dias Martins, um cachorro cruzou na frente de sua moto, fazendo com que atropelasse o animal e conseqüentemente caísse no asfalto, sofrendo escoriações nos cotovelos e nas pernas.

O próprio Francisco ligou para o Samu, pedindo sendo de imediato atendido. Como havia ingerido bebida, pediu que um amigo levasse sua moto para casa, o que foi feito. No pronto-socorro, onde foi medicado, ligou para a família, tranqüilizando todos.

Francisco Chagas teria sido colocado numa maca sem trava de segurança e, ao se mexer, acabou caindo e batendo com a cabeça. Com traumatismo craniano, ficou em estado grave e faleceu na manhã de ontem por pura irresponsabilidade dos plantonistas.
"Jornal A Tribuna-AC"

Nenhum comentário: