sexta-feira, 13 de junho de 2008

CONHEÇA O SANTO CASAMENTEIRO


Seu nome de batismo era Fernando, mas foi como Antônio de Coimbra ou Antônio de Pádua, como alguns preferem chamá-lo, que Santo Antônio ganhou popularidade entre católicos de todo o mundo. O frade, que nasceu em Lisboa em 1195 e faleceu na Itália aos 36 anos, foi canonizado um ano depois de morrer e tem seu dia comemorado nesta sexta-feira (13).Segundo o padre Gustavo Haas, assessor de liturgia da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Santo Antônio começou sua trajetória religiosa na Congregação dos Cônegos Regulares de Santo Agostinho, em Lisboa, mas em pouco tempo se sensibilizou com a causa franciscana e decidiu se tornar missionário. Ao entrar na Congregação dos Franciscanos, onde recebeu o nome de Antônio de Coimbra, o frade foi pregar o evangelho na África, mas por motivo de doença teve que retornar. Um problema no navio em que estava obrigou Santo Antônio a ficar na Itália, país onde conheceu São Francisco de Assis. Santo Antônio então dedicou sua vida religiosa a pregar para os humildes na Europa e seus sermões ficaram conhecidos pela simplicidade e clareza. “Santo Antônio se destacou por ser um ótimo pregador. Sua capacidade de falar de forma simples, diretamente para o povo, o fez ganhar popularidade”, afirma Haas. Ainda de acordo com Haas, entre as principais características do santo estão a luta pela justiça e a valorização dos mais humildes. Por ter morrido na cidade de Pádua, na Itália, por complicações da mesma doença que o obrigou a deixar a África, Santo Antônio também é conhecido como Santo Antônio de Pádua. “Ainda hoje portugueses e italianos discordam sobre o fato de Santo Antônio ser um santo português ou italiano. Por isso as duas nomenclaturas são utilizadas”, diz.
Santo casamenteiro
Apesar de não ter em seus sermões nada específico sobre casamentos, Santo Antônio ficou conhecido como o santo que ajuda mulheres a encontrarem um marido. Segundo Haas, a fama ganhou popularidade porque, em uma sociedade onde as mulheres eram, em geral, marginalizadas, Santo Antônio ajudava moças humildes a conseguirem um dote e um enxoval para poderem se casar. Seu dia é comemorado em 13 de junho, mas algumas paróquias comemoram o dia de Santo Antônio no dia 13 de todos os meses."Além de missas e de festejos populares que acontecem pelo país, é comum a realização de trezenas, em vez de novenas, por Santo Antônio”, afirma Haas. Uma trezena corresponde a 13 dias de oração, que geralmente começa em 1º de junho. “Depois de Nossa Senhora, Santo Antônio é, sem dúvida, o santo mais popular, do Norte ao Sul do país. Dia 13 não é dia de azar, é dia de Santo Antônio”, diz.
PORTAL DE NOTÍCIAS G1.

Nenhum comentário: