sábado, 17 de maio de 2008

PREFEITO DE XAPURI PODE SER PROCESSADO POR PECULATO



Vereadores denunciam corrupção em Xapuri
Três vereadores do PT da Câmara de Xapuri enviaram ofício ao promotor do município, Mariano Jorge de Souza Melo, pedindo providências urgentes contra o prefeito da cidade, acusado de uma série de irregularidades, além de se recusar a enviar informações solicitadas pelos vereadores, o que constitui crime de responsabilidade.

Os vereadores João Ribeiro de Freitas, José Maria Miranda e José Cecílio Evangelista acusam o prefeito de desvio de equipamentos e de máquinas do patrimônio municipal para pagar dívidas a credores ou para interesses pessoais.

Eles apontam o desaparecimento de um trator New Holland, modelo 5630, patrimoniado com o número 0335, um perfurador de solo de patrimônio 0186, dois arados, um de rodas e outro de disco, entre outras irregularidades.

Os vereadores acusam a prefeitura de faturar “por fora” os tijolos fabricados na cerâmica municipal, desviando o dinheiro, além de pagar irregularmente supostas viagens pelo Rio Acre a um laranja do falecido traficante de drogas Antônio José da costa, falecido há pouco tempo.

A esposa do prefeito e secretária de Ação Social, Iracema Cecília de Souza, teriam comprado um carro com recursos públicos, para seu genro, Josimar Tavares, responsável pela divulgação da prefeitura.

Além disso, ainda pagaria, pelos cofres da prefeitura, o aluguel de uma casa no centro da cidade.

Há quatro meses, os vereadores protocolaram pedido de informações para o prefeito, mas nenhuma resposta foi enviada. Agora, eles querem que o promotor determine que o prefeito envie a relação de todos os fornecedores da prefeitura e todos os valores pagos.
(Texto: Jornal a Tribuna)

Nenhum comentário: