terça-feira, 29 de abril de 2008

BERTHOLLETIA EXCELSA


Somos donos de uma reserva florestal imensa! Temos milhares de árvores do CASTANHEIRO, e continuamos a ouvir reportagens, ecoando errôneamente aos nossos tímpanos, e consequentemente armazenada em nosso cérebro, a qual reproduzimos com a mesma gama de erros , deturpando nossas crianças, jovens e até adultos, por desconhecermos a verdade. São reportagens escritas e televisivas, são repórteres de pequena e grande expressão no cenário nacional. Não sou dono da verdade, mas, a partir de hoje, quem ler esta postagem não será repetitivo no erro. A palavra correta é O CASTANHEIRO e não A CASTANHEIRA, como você verá.
cas.ta.nhei.ro
sm (castanha+eiro) Bot 1 Nome comum a várias espécies do gênero Castânea, especialmente as espécies Castanea sativa, C. vesca e C. vulgaris, que produzem as castanhas comuns. 2 Nome comum a várias outras plantas com nozes comestíveis, como, por exemplo, a espécie Fagus castanea. C.-americano: árvore (Castanea dentata) estreitamente relacionada ao castanheiro-da-europa. C.-da-europa: árvore grande (Castanea sativa), principalmente da região mediterrânea, com grandes nozes nutritivas. É a espécie importada pelo Brasil para as festas do Natal. C.-da-índia: árvore grande asiática (Aesculus hippocastanum), naturalizada em grande parte da zona temperada e largamente cultivada como árvore ornamental e sombreira, com folhas palmadamente compostas, flores predominantemente brancas em cachos terminais vistosos e sementes grandes, lustrosas, marrons, não comestíveis, encerradas em ouriço. C.-do-brasil: castanheiro-do-pará. C.-do-maranhão: planta bombacácea, também chamada cacau-selvagem, castanheiro-do-pará, embiratanha, mamorana e sapote-grande (Bombax affine). C.-do-pará: árvore lecitidácea (Bertholletia excelsa). É a maior árvore da Amazônia e tem a tradição de que só vive nessa área, formando colônias em geral vastas. Tem tronco ereto, cilíndrico, até 30 m ou mais de altura, diâmetro de 0,50 cm a 1 m. Dá ouriços com várias sementes de polpa branca, oleosa, de grande valor econômico, nutritivo e medicinal. É também chamada amendoeira-da-américa, castanha-do-pará, eraí, iniá, juviá, tocari, toucá, tucá, c.-do-brasil, c.-do-maranhão e c.-do-rio-negro. C.-do-rio-negro: castanheiro-do-pará.
Quebrar a castanha de: a) humilhar, vencer; b) tirar a fama a. Tirar a castanha com a mão do gato: aproveitar-se de alguém na consecução de um objetivo.

Nenhum comentário: